Em busca da melhor janela de cume no Aconcagua

Blog | Nenhum comentário

:: Este post é uma notícia do Roteiro Aconcágua com Maximo Kausch, No Réveillon 2018/19

Nido de Condores nevado – Expedição Aconcágua – Foto de Vinicius Vieira

Nosso grupo passou a noite de ontem, dia 4 de janeiro em Nido de Condores, acampamento avançado localizado a 5500 metros de altitude no Aconcágua. Este acampamento é bastante famoso pelo pôr do sol e pela visão que ele proporciona de outra montanhas, como o Mercedário, que fica ao norte.

No entanto a essa altitude o corpo e a mente começam a sofrer bastante, pois o gasto calórico que temos para manter as funções vitais de nosso metabolismo é maior do que conseguimos obter da ingestão de alimentos, então não é bom ficar ali muito tempo.

Aqui faz muito frio e é comum fazer -20 de madrugada, por isso evitamos a permanência prolongada em grandes altitudes. No entanto ainda temos boas e grandes barracas e conseguimos pelo menos fazer uma comida mais gostosa para nossos membros.

Agora pela manhã vamos ascender à Coléra, o acampamento mais alto que faremos no Aconcágua, numa altitude de 6 mil metros!

Nosso plano é chegar lá, hidratar, descansar e atacar o cume de madrugada.

O tempo está rigoroso, porém amanhã pela manhã teremos uma janela ideal de cume, sem precipitação e poucos ventos!

Depois disso teremos uma tempestade que será varrida por ventos fortíssimos de 100km/h. Ou seja, é amanhã ou nunca!

Precisamos ser certeiros para não perder esta chance e chegar logo ao ponto mais alto dos Andes!

Continue seguinte a gente aqui no Blog do GentedeMontanha.

Máximo Kausch – líder da expedição

 

Compartilhe:

Comente

Todos os campos são de preenchimento obrigatório!

Parcerias

Fale por Whatsapp!
Powered by