Acampamento base do Manaslu – Nepal

Mais informações ao meu e-mail

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Copiar amigos (separar emails por vírgula)

Aceito receber notícias de futuras expedições, cursos ou viagens

 FALTAM

PARA A PRÓXIMA EXPEDIÇÃO

Sobre

Trekking ao Acampamento Base do Manaslu – Nepal

19 dias – U$3.150 (desconto especial)

Data 2019 – 28/04/2019 a 14/05/2019
Data 2019 – 26/08/2019 a 13/09/2019
Data 2020 – 27/08/2020 a 14/09/2020

O Trekking ao Acampamento Base do Manaslu é um dos menos frequentados do Nepal. Enquanto no trekking do Everest há 55 mil pessoas por ano visitando o lugar, o Manaslu recebe menos de 2 mil. Trata-se de um circuito muito mais selvagem e o povo local está muito menos acostumado à presença de turistas estrangeiros. Quando falamos em circuito, é porque o nosso trekking entra por um lado do Manaslu e sai por outro lado completamente diferente. Isso não acontece no trekking do Everest.

O grande diferencial deste trekking é a preservação de sua paisagem. Por se tratar de um local menos habitado, iremos atravessar vales onde a natureza ainda se encontra em seu estado original, com belíssimas florestas de ginepros e regiões de pradarias nos locais mais altos com lagos glaciarios de cor turquesa.

Nesta região, diferente da região do Everest, quem vive nos vales são em maioria tibetanos e gurungs, que preservam viva sua cultura. As vilas que percorreremos são cidades muito antigas, algumas com mais de 500 anos e percorrer elas é uma volta ao passado, com suas ruas estreitas, monastérios e plantações típicas.

Trata-se de um trekking bem exigente, porém com um itinerário bem cadenciado. A altitude mais alta que alcançaremos é de 5150m no Larkhe Pass, mais alto portanto que o acampamento base que fica a 4850 metros. No total iremos percorrer 200km de trilhas entrando por um lado da montanha e saindo pelo outro.

O guia da expedição será Pedro Hauck, um dos alpinistas mais experientes do Brasil e que fez o cume no Manaslu em 2018. Continue lendo as informações disponíveis aqui e estaremos felizes em esclarecer o maior número possível de dúvidas.

Itinerário

Trekking ao Acampamento Base do Manaslu – Nepal

 

Dia 1 – Chegada em Kathmandu – 1300m

Dia 2 – Reunião e dia em Kathmandu – 1300m

Dia 3 – Transporte para Arugat – 570m (6 horas)

Dia 4 – Trekking para Soti Khola (lodges básicos) – 730m (5 horas)

Dia 5 – Trekking para Machha Khola – 930m (5 horas)

Dia 6 – Trekking para Jagat – 1440m (6 horas)

Dia 7 – Trekking para Deng – 1860m  (6 horas)

Dia 8 – Trekking para Namrung – 2560m (6 horas)

Dia 9 – Trekking para Samagaon – 3500 m (6 horas)

Dia 10 – Dia de descanso em Samagaon – 3500 m

Dia 11 – Trekking para o Campo Base e volta para Samdo – 3500m (8 horas)

Dia 12 – Trekking para Dharamshala – 4470m (4 horas)

Dia 13 – Trekking para Bimthang – 3700m (8 horas)

Dia 14 – Trekking para Karche – 2700m (5 horas)

Dia 15 – Trekking para Dharapani – 1860m (4 horas)

Dia 16 – Jipe para Besi Shahar (6 horas)

Dia 17 – Ônibus para Kathmandu

Dia 18 – Dia reserva para imprevistos

Dia 19 – Retorno ao Brasil

** O itinerário disponível aqui está sujeito à mudanças devido à condições climáticas, performance do grupo ou mudanças políticas/administrativas do local em questão.

Equipamentos

Todos os clientes GentedeMontanha.com tem desconto na Loja Alta Montanha. Trata-se da loja virtual com mais variedade de equipamentos de montanha no Brasil. O desconto só é validado para clientes ou ex-clientes do GentedeMontanha.com. O desconto aparece automaticamente quando o cadastro for feito usando o mesmo email que nós temos no seu cadastro. Caso seu desconto não apareça por favor informe o nosso atendimento.

O equipamento é uma das partes essenciais para o sucesso de uma expedição. Siga esta lista rigorosamente e nos informe qualquer dúvida. O equipamento será checado pelo guia logo após a sua chegada. Veja a lista por partes:

Cabeça
  • Boné ou chapéu

    Um boné ou chapéu para proteger do sol

    Quantidade: OPCIONAL
    Comprar
  • Gorro

    Gorro de lã ou polartec é muito útil nos dias frios

    Quantidade: 1
    Comprar
  • Óculos para montanha

    Categoria 3 ou 4 – com proteção lateral ou que cubra todo o rosto.

    Aprenda a escolher um óculos de montanha para comprar.

    Quantidade: 1
    Comprar
  • Protetor labial e solar

    Precisamos um protetor de pelo menos FPS 30. Pode ser comprado em qualquer farmácia local.

    Quantidade: 1
  • Lanterna de Cabeça

    Lanterna de LED ou foco, à pilhas. Preferencia para lanternas com mais de 120 lumens.

    Quantidade: 1
    Comprar
  • Pilhas

    AA ou AAA dependendo de sua lanterna. Considere levar um jogo de pilhas de lithium para o dia de cume.

    Quantidade: 2 troca
    Comprar
Tronco
Mãos
  • Luvas de segunda camada

    Luvas leves de fleece ou polartec para dias frios ou com vento

    Quantidade: 1 par
    Comprar
Pernas
Pés
  • Bota de caminhada

    Botas de caminhada de qualidade e em bom estado. Devem ser à prova d’água e de preferência, já amaciadas.

    Para ver botas unisex clique em “Comprar”. Para ver opções de botas femininas, clique aqui.

    Leia artigo que explica como comprar uma bota de trekking.

    Quantidade: 1 par (amacidas)
    Comprar
  • Crocs ou chinelo

    Par de crocs, chinelos ou sandálias para descansar os pés enquanto estamos na base.

    Quantidade: 1 par
    Comprar
  • Compeed para bolhas

    É um tipo de “pele artificial” para cobrir a pele em caso de bolhas. É a maneira mais eficaz para o tratamento de bolhas

    Quantidade: 1
  • Meias de Trekking

    Há vários tipos de meias de trekking. Elas são muito importante para não dar bolhas nos pés.

    Leia o artigo no AltaMontanha e veja qual meia de trekking comprar.

    Quantidade: 5 ou 6 pares
    Comprar
Diversos
  • Bastão de Trekking

    Ele dá mais estabilidade em terreno solto, em gelo duro ou mesmo em neve.

    Veja qual bastão de trekking comprar em artigo do AltaMontanha.

    Quantidade: 1 ou par
    Comprar
  • Cadeado

    Para fechar a mala durante o transporte

    Quantidade: 1
    Comprar
  • Garrafa para água

    Garrafas de um polímero duro e boca larga. Existem os camelbacks mas dependendo da altitude o cano congela e tem que ter cuidado para o manuseio, para não deixar vazar. Mas são ótimo para hidratação sem precisar parar.

    Quantidade: 2 litros
    Comprar
  • Duffel Bag

    Saco do tipo “marinheiro”. Este deve ser resistente e impermeável. Recomendamos 90 a 120L. Usamos este saco para transportar seu equipamento. Se seu equipamento é transportado em animais de carga ou veículos, pode sofrer algum tipo de dano ou molhar.

    Leia este artigo e veja para que serve um duffel bag.

    Quantidade: de pelo menos 80 litros
    Comprar
  • Gel de carboidrato

    Gel para ajudar a grande perda de energia no final da expedição

    Quantidade: 3
    Comprar
  • Kit higiene pessoal

    Sabão, escova de dentes, pente, toalha, etc

    Quantidade: 1
  • Mochila

    Veja qual se adapta à sua expedição.

    Leia este artigo e saiba como escolher uma mochila de montanhismo.

    Quantidade: de pelo menos 35 litros
    Comprar
  • Medicamentos para altitude

    Os guias do GentedeMontanha.com já contam com complexos kits de primeiros socorros, no entanto seria ótimo que cada um conte as drogas mais básicas durante a expedição.

    Em montanhas de altitude precisamos que você tenha além de qualquer medicamento pessoal, uma cartela dos seguintes medicamentos:

    Ibuprofeno – É o único anti-inflamatório capaz de combater a dor de cabeça de altitude
    Loperamida – controle de diarréia

    Leia mais aqui sobre medicamentos

    Quantidade: Kit
  • Saco de dormir

    Em montanhas de altitude preferimos os sacos de pluma de ganso. Saiba mais sobre plumas de ganso

    Leia artigo sobre saco de dormir e aprenda como escolher um saco de dormir para comprar.

    Quantidade: de 0ºC (temperatura de conforto)
    Comprar
  • Saco estanque

    Ajuda a manter suas coisas organizadas e secas. Não opte por sacos de lixo, eles rasgam muito facilmente. Estes sacos serão utilizados para embalar todas as roupas e utensílios que irão na mochila.

    Quantidade: 1
    Comprar

Perguntas frequentes

Maximo Kausch

Fundador e guia de expedições

Maximo Kausch nasceu na Argentina e se mudou para o Brasil ainda quando era criança. Ele escala há 20 anos e se especializou em montanhas de altitude. Durante suas expedições, Maximo conheceu algumas das mais remotas escaladas do mundo e visitou mais de 25 países.

Recentemente Maximo se tornou o recordista mundial de montanhas de altitude ao conquistar o cume de 85 montanhas com mais de 6000 metros de altitude nos Andes. Por isso Maximo Kausch foi escolhido o Aventureiro do Ano em 2013. Ele é um dos alpinistas com mais experiência no Brasil e no Mundo.

Maximo é atualmente o guia de montanha mais experiente do Brasil. Ele já liderou 11 expedições em montanhas com mais de 8000 metros, as maiores do planeta, e algumas dezenas de expedições de montanhas com mais de 6000 metros de altitude.

Em suas expedições ele sempre está focando em um bom plano de aclimatação brindando assim muita segurança. Ele literalmente passa a maior parte do tempo em grandes altitude guiando montanhas no Himalaia e Andes. Como guia ele trabalha para a empresa americana SummitClimb.com.

No seu tempo livre Maximo escala rocha e pratica escalada mista em montanhas remotas. Ele conta com pelo menos 85 ascensões nos Andes e várias outras nos Alpes, Pamires e Himalaia. Em 2012 Maximo iniciou um projeto inédito e escalou sozinho 30 montanhas com mais de 6000 metros totalmente sozinho.

Maximo gosta muito de escrever e é um dos maiores contribuidores do portal AltaMontanha.com. Além de seus artigos, Maximo contribui muito para o montanhismo, disponibilizando todas as rotas de montanhas que escala em forma de mapas virtuais para GPS no site Rumos.net.br.

Ele é treinado em primeiros socorros em áreas remotas (WFR) e já participou de mais de 10 resgates em grandes altitudes. Esse possui grande experiência em medicina de montanha e já realizou diversos procedimentos clínicos em grandes altitudes. Maximo tem diversos artigos relacionados à altitude como: fisiologia, drogas, problemas oculares, odontologia, espectro bacteriano e muito mais…

Além disso ele tem uma grande experiência em logística e recursos humanos em montanhas. Ele já conduziu expedições com até 15 trabalhadores e 5 toneladas de equipamentos, colocando centenas de clientes no cume de diversas montanhas.

Premiações

Recorde Mundial: Recentemente Maximo se tornou o recordista mundial de montanhas de altitude ao conquistar o cume de 70 montanhas com mais de 6000 metros de altitude nos Andes.

Também escalou as 10 montanhas mais altas do Andes.

Mosquetão de Ouro 2015: Pedro Hauck e Maximo Kausch, que moram em Curitiba PR, levaram o prêmio por terem finalizado em 2014 a escalada de todas as montanhas acima de 6 mil metros na Bolívia.

Aventureiro do ano em 2013: Maximo recebeu o prêmio de aventureiro do ano em 2013 pela revista Go Outside pelo seu inusitado projeto de escalada à todas as montanhas com mais de 6000m.

Destaque do ano de 2013: A conceituada revista Blog de Escalada elegeu Maximo Kausch como destaque de 2013 devido à quantidade de escaladas que o alpinista realizou em 2013.

Projeto de destaque em 2014: A Mount Everest Foundation escolheu o projeto de Maximo Kausch e financiou a etapa de exploração de montanhas virgens com mais de 5000 metros de altitude.

Destaque do ano de 2015:  O site Blog de Escalada, um dos principais meios de comunicação do outdoor brasileiro, elegeu Maximo Kausch como o maior destaque no cenário do montanhismo de altitude. LEIA MAIS

Mais sobre Maximo Kausch

Perfil de Maximo no Wikipedia (português)

Perfil de Maximo no Wikipedia (inglês)

FanPage no Facebook

Página de Instagram

Coluna no Blog da SPOT Brasil

Algumas rotas de GPS publicadas no Wikiloc

Pedro Hauck

Fundador, guia de expedições e instrutor de rocha

Atleta apoiado pelas seguintes marcas:

thulehard

Pedro Hauck é geógrafo, mestre em Geografia Física, doutorando em geologia e montanhista há 18 anos. Ele já ministrou diversos cursos de escalada para o Ginásio 90 Graus de São Paulo e para o CPM (Curitiba-PR), além de cursos personalizados, ensinando centenas de pessoas a escalar. Pedro é hoje um dos alpinistas mais experientes do país. Só nos Andes ele conta com pelo menos 50 expedições e 46 cumes com mais de 6000 metros de altitude.

Ele é colunista e editor do Site AltaMontanha.com, um dos principais meio de comunicação do montanhismo em língua portuguesa, sendo um dos montanhistas que mais colaborou com a divulgou de conhecimento do montanhismo.

Participou voluntariamente da organização do montanhismo brasileiro. Tendo atuado como diretor de escalada do Clube Paranaense de Montanhismo, assim como da Federação Paranaense de Montanhismo e Confederação Brasileira de Montanhismo e Escalada.

Já participou de uma dezena de expedições à montanhas andinas, tendo alcançado cume em cerca de 85 montanhas de altitude. Em setembro de 2014 Pedro concluiu a escalada de todas as montanhas com mais de 6000 metros de altitude na Bolívia. Trata-se de 14 montanhas, muitas delas técnicas. Pedro concluiu o projeto sem apoio e sem ajuda de terceiros. Trata-se de um dos alpinistas de altitude mais experientes do país. Em pelo menos uma dezenas de cumes, Pedro foi o primeiro brasileiro a alcançá-los. Atualmente ele tem 46 montanhas acima de 6 mil metros no curriculum.

Ele possui ampla experiência em escalada em rocha no Brasil, já tendo escalado em diversos Estados, desde o Rio Grande do Sul até o Nordeste.

Premiações

Mosquetão de Ouro 2017: Em 2016, o montanhista Pedro Hauck liderou a expedição à montanha mais alta dos Andes ainda inédita a brasileiros, o Cerro Bonete Chico (6759m) e com ela também se tornou o primeiro brasileiro a escalar as 5 montanhas mais altas dos Andes. Em 2016 ele alcançou o cume de pelo menos 7 montanhas nunca escaladas por brasileiros e acumulou 20 ascensões a montanhas nos Andes. Com estas montanhas, Pedro chegou a 85 cumes em montanhas andinas, destas 46 montanhas diferentes acimas de 6 mil metros. A maior parte destas expedições foram feitas com recursos próprios, de maneira autônoma e independente.

Mosquetão de Ouro 2015: Pedro Hauck e Maximo Kausch, que moram em Curitiba PR, levaram o prêmio por terem finalizado em 2014 a escalada de todas as montanhas acima de 6 mil metros na Bolívia.

Projeto de destaque em 2014: A Mount Everest Foundation escolheu o projeto de Maximo Kausch e financiou a etapa de exploração de montanhas virgens com mais de 5000 metros de altitude.

Mais sobre Pedro Hauck

Página de Wikipedia do Pedro Hauck

Fanpage no Facebook

Página de Instagram

Site Pessoal

Coluna no site da Go Outside

Curriculum de montanha de Pedro Hauck

Mapa

Custo

O investimento total na Expedição é de U$ 3.150 (desconto especial)

* Para pagamento parcelado no cartão de crédito ou depósito > U$ 3.650

* Confira as condições de pagamento para obter o desconto especial

* Consulte a nossa política de cancelamento

O que está incluído:

  • Liderança de um Guia Gente de Montanha com equipe local
  • Sherpas assistentes (1 sherpa para cada 3 ou 4 trekkers)
  • Ajuda para compra ou aluguel de equipamentos em Kathmandu
  • Transporte do aeroporto para o hotel e vice-versa
  • Permissões de trekking no Nepal
  • 3 noites em hotel 3 estrelas com café da manhã em Kathmandu – os quartos são compartilhados por cada 2 membros da expedição e uma noite em hotel simples em Besishahar.
  • Noites em pousadas/hotels com quartos básicos durante todo o trekking
  • Transporte de até 15 kg de carga durante todo o trekking
  • Uso de qualquer equipamento de emergência como oxigênio, remédios e qualquer instalação médica disposta pela expedição
  • Café da manhã, almoço (ou lanche) e jantar em todo o trekking (detalhes no itinerário)

O que não está incluído:

  • Passagem aérea desde o Brasil
  • Noites extras em Kathmandu em caso de mau tempo
  • Equipamentos pessoais de trekking
  • Vistos necessários e passaporte (responsabilidade de cada participante)
  • Devolução de dinheiro em caso de abandono
  • Seguro de viagem
  • Almoços e jantares em Kathmandu
  • Reembolso em caso de perca de equipamento por roubo ou fenômenos climáticos
  • Bebidas que não foram autorizadas pelo líder da expedição nas pousadas (refrigerantes, cervejas, etc)

Opcionais

Requisitos

Os requisitos para que você possa participar desta expedição são:

  • Seguro de resgate obrigatório – Contrate a GLOBAL RESCUE aqui – Saiba como funciona
  • Preencher a ficha médica e ter ela aprovada pelo guia
  • OBRIGATÓRIO ter um vôo flexível caso necessário mudar por condições de mau tempo
  • Passaporte válido por pelo menos 6 meses após a data da expedição com pelo menos 1 página em branco
  • Atestado médico de boa saúde física
  • Experiência em Trekkings de várias jornadas com acampamento (obrigatório)
  • Um bom treinamento cárdio-vascular
  • Vontade de se divertir
  • Número mínimo de participantes
  • Ler todas as informações disponíveis no website
Dificuldade do trekking: Exigente

_

Experiência em Altitude: Em montanhas de 5000m

_

Preparação Cárdio-vascular: Boa

_

Parcerias

×
Fale por Whatsapp!