Monte Roraima

Mais informações ao meu e-mail

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Copiar amigos (separar emails por vírgula)

Aceito receber notícias de futuras expedições, cursos ou viagens

 FALTAM

PARA A PRÓXIMA EXPEDIÇÃO

Sobre

Trekking ao Monte Roraima

15/01/2018 – 25/01/2018 – 11 dias

O Monte Roraima, localizado na tríplice fronteira Brasil, Venezuela e Guiana é atualmente uma das montanhas mais desejadas pelos montanhistas e trekkers do país. Paisagens incríveis de grande beleza cênica, caminhadas longas, prazerosas e fáceis além das histórias e lendas inspiradoras são os atrativos do roteiro.

Famoso pelo romance de Conan Doyle sobre o Mundo Perdido, o Roraima é uma montanha diferente das outras, pois tem um cume de mais de 100 km2, onde de acordo com o escritor britânico viviam monstros pré históricos. Apesar da fantasia, a paisagem do cume de fato inspira um mundo perdido por conta das diversas formas geológicas bizarras, como torres de pedra, cavernas, fendas profundas, cachoeiras, lagos gelados e a vegetação um tanto exótica, quase sempre envolta em neblina por conta da diferença de temperatura do topo com o entorno da montanha, em latitudes equatoriais.

Mesmo no meio da Amazônia, a região do Roraima não é envolta por florestas, mas sim pela “Gran Sabana”, um tipo de um cerrado venezuelano que se estende pelo estado brasileiro de nome homônimo. Paisagem essa que fará parte dos primeiros dias do trekking.

Apesar de fazer parte do Brasil, o acesso e os serviços são todos venezuelanos. A cidade base para este roteiro é a pequena Santa Elena do Uairén, localizada na fronteira com Pacaraima, Brasil. O acesso se dá por uma aldeia indígena, Paraitepuy, ponto de entrada para o Parque Nacional de Canaima onde está a montanha na Venezuela.

Este roteiro de 8 dias e 7 noites, mais os dias de chegada e retorno em Boa Vista e inclui o deslocamento de Boa Vista (RR) até Santa Elena e depois até a montanha (ida e volta). E também inclui guias de montanha, alimentações durante o trekking e toda a estrutura como as barracas e os utensílios comuns de acampamento.

Itinerário

Trekking Monte Roraima – 11 dias

15/01/2018 – 25/01/2018

Distância: 87 km aproximadamente
Altimetria acumulada: 1920m

Dia 1 – Vôo para Boa Vista

O dia de hoje é reservado para a chegada em Boa Vista. Nosso staff vai esperar você no aeroporto com uma placa do GentedeMontanha.com e depois levá-lo ao Hotel Uiramutam. Tenha em mente que a maioria dos voos chegam de madrugada. Incluído: Pernoite em hotel e transporte. Almoço e jantar NÃO incluídos.

Dia 2 – Boa Vista – Santa Elena de Uairén – 850m

Hoje teremos uma reunião às 9am no Hotel Uiramutam. A participação do briefing é obrigatória e abordaremos todos os aspectos da expedição. A saída de Boa Vista será às 11am com destino a Santa Elena de Uairén (220km). A chegada está prevista para 6pm no Hotel Anaconda em Santa Elena de Uairén. Incluído: Café da manhã, transporte, pernoite em hotel e café da manhã. Almoço e jantar NÃO incluídos.

Dia 3 – Santa Elena de Uairén – Paraitepui – Rio Tek (ou Kukenan) – 1050m

Após um delicioso café da manhã, partiremos de Santa Elena de Uairén em veículos 4×4 até a comunidade indígena Paraitepui (2 horas de viagem). No trajeto iremos fazer o registro no Parque Nacional. Aqui iremos pesar e distribuir a bagagem dos carregadores para o trekking. Nossa caminhada será de aproximadamente 5 horas (12km) para o acampamento no rio Kukenan ou Rio Tek. O guia líder vai decidir em que acampamento ficaremos de acordo com o horário de saída e disponibilidade de lugar. Montaremos acampamento e teremos tempo para conhecer a área, tirar fotos e descansar. Temos um rio próximo ao acampamento que permite tomarmos banho. Incluído: Café da manhã, transporte, lanche de trilha, jantar e pernoite em barracas duplas.

Distância: 14 km
Altimetria acumulada: 402m

Dia 4 – Rio Tek (ou Kukenan) – Acampamento base – 1870m

Tomaremos café da manhã e sairemos por volta das 8am rumo à base do Roraima. Hoje o percurso é de 9km no entanto iremos ganhar pelo menos 800 metros de altitude. Estimamos 4 a 6 horas de duração para isso. Hoje teremos a travessia do rio Kukenan que requer o uso de meias por existirem pedras extremamente escorregadias. No acampamento temos um pequeno rio próximo onde podemos tomar banho. Daqui podemos observar o imponente Roraima de perto. Pela noite jantaremos e passaremos as informações sobre o dia seguinte. Incluído: café da manhã, lanche de trilha, jantar e pernoite em barracas duplas.

Distância: 9km
Altimetria acumulada: 790m

Dia 5 – Acampamento Base – Topo – Hotel Guacharo – Maverick – 2820m

Hoje teremos apenas 5 km de percurso no entanto ganharemos 800 metros de altitude. Logo na saída do acampamento já teremos uma trilha bem sinuosa e íngreme pela mata que nos leva rapidamente à base da parede do Roraima. Caminharemos através de uma densa floresta, raízes e pedras soltas. Este será um dos momentos mais bonitos do trekking, com paradas durante o trajeto para fotos e descansos. O percurso todo levará de 4 a 6 horas e teremos água em 3 pontos da trilha. Chegaremos a 2800 metros de altitude e por este motivo a temperatura cairá consideravelmente. Se houver tempo, podemos ainda visitar a pedra Maverick que é o ponto mais alto de todo o complexo com 2820m. Incluído: café da manhã, lanche de trilha, jantar e pernoite em barracas duplas.

Distância: 3km
Altimetria acumulada: 785m

Dia 6 – Fronteira Tríplice – Vale dos Cristais – Acampamento Coati – 2800m

Após o café da manhã servido no hotel/caverna Guacharo, iniciaremos a caminhada de 4 a 5 horas até o Acampamento Coati que fica do lado brasileiro. No caminho vamos parar na fronteira tríplice Brasil/Venezuela/Guiana Inglesa. Há apenas 300 metros dali temos o Vale dos Cristais. Um curioso ponto onde há milhares de pequenos cristais e formações curiosas. Em menos de 1 hora depois do ponto tríplice já temos o Hotel Coati, que é uma imensa caverna de arenito onde cabem dezenas de barracas. Ali existe uma espécie de hall de onde se pode ver o céu. Não teremos muito desnível hoje, no entanto teremos algumas descidas e subidas devido ao terreno acidentado do topo do Roraima. Incluído: Café da manhã, lanche de trilha, janta e pernoite em barracas duplas.

Distância: 12km

Dia 7 – Acampamento Coati – Lago Gladys – Mirante da Proa – 2800m

Os que estiverem dispostos, poderão sair bem cedo ver o nascer do sol do mirante do Roraiminha (um tepui menor), localizado a 500 metros de Coati. Tomaremos café da manhã e faremos uma caminhada de 5km na direção do Lago Gladys, um curioso lago no fundo de uma caverna de teto colapsado. No caminho iremos comer o lanche de trilha e depois seguir à imensa greta que separa a proa do Roraima. Este será o ponto mais ao norte do nosso roteiro e se o tempo permitir, poderemos avistar lindas paisagens da floresta equatorial da Guiana. Voltaremos para o acampamento Coati para jantar e dormir. Para aqueles que preferem um pouco de descanso, podem ficar no acampamento. Incluído: café da manhã, lanche de trilha, jantar e pernoite em barracas duplas.

Distância: 10km

Dia 8 – Acampamento Coati – El Foso – Ventana – Yacuzi – Hotel Sucre – 2800m

Se o tempo permitir, iremos visitar a curiosa Ventana, que é uma formação rochosa que lembra uma janela. No fundo da janela está a paisagem da distante floresta amazônica. No caminho temos as Yacuzis que são piscinas que lembram banheiras jacuzi. Estas duas estão há 2 horas (ida + volta) do Hotel Coati. Após caminhar por 2 horas saindo de Coati, estaremos no Foso, que é um grande buraco de 10 metros de diâmetro e dentro tem um pequeno lago. É possível chegar lá dentro através de um caminho sinuoso. Nossa noite será no Hotel Principal ou Hotel Sucre. Incluído: café da manhã, lanche de trilha, jantar e pernoite em barracas duplas.

Distância: 12km

Dia 9 – Retorno à Rio Tek – 1050m

Após café da manhã bem cedo, sairemos para um dia de caminhada de aproximadamente 7 horas e 1600 de perda de altitude. As primeiras três horas de descida são bem íngremes e é preciso ter cuidado. Iremos comer o nosso lanche de trilha no acampamento base e depois seguir para o acampamento Rio Tek, onde teremos o nosso último jantar. Antes de chegar em Rio Tek teremos 2 rios para atravessar.  Incluído: café da manhã, lanche de trilha, jantar e pernoite em barracas duplas.

Distância: 15km

Dia 10 – Descida para Santa Elena de Uairen

Com uma caminhada de cerca de 4 horas chegaremos até Paraitepui onde teremos os nossos veículos 4×4 nos esperando com frutas e bebidas geladas. Teremos o nosso almoço no caminho e depois seguiremos para Santa Elena de Uairen onde teremos o Hotel Anaconda reservado. Incluído: café da manhã, almoço, transporte e pernoite em hotel. Jantar NÃO incluído.

Distância: 12km

Dia 11 – Boa Vista

Dia de retorno ao Brasil com deslocamento rodoviário para Boa Vista (220km). A saída de Santa Elena de Uairén será de manhã com previsão de chegada antes das 3pm em Boa Vista. No caminho vamos parar para almoçar próximo a fronteira brasileira. Recomendamos comprar um vôo após as 6pm. Incluído: Café da manhã, transporte até Boa Vista, almoço, e transporte até o aeroporto

** O itinerário disponível aqui está sujeito à mudanças devido à condições climáticas, performance do grupo ou mudanças políticas/administrativas do local em questão.

Equipamentos

Todos os clientes GentedeMontanha.com tem desconto de 10% à vista na Loja Alta Montanha. Trata-se da loja virtual com mais variedade de equipamentos de montanha no Brasil. O desconto só é validado para clientes ou ex-clientes do GentedeMontanha.com. O desconto aparece automaticamente quando o cadastro for feito usando o mesmo email que nós temos no seu cadastro. Caso seu desconto não apareça por favor informe o nosso atendimento.

O equipamento é uma das partes essenciais para o sucesso de uma expedição. Siga esta lista rigorosamente e nos informe qualquer dúvida. O equipamento será checado pelo guia logo após a sua chegada. Veja a lista por partes:

Lembre-se, você é responsável por carregar seu próprio equipamento.
Cabeça
  • Chapéu para sol

    Chapéu tipo legionário para sol. Este é o ideal, no entanto você pode levar um boné ou chapéu de sua escolha

    Quantidade: 1
  • Pilhas

    AA ou AAA dependendo de sua lanterna. Considere levar um jogo de pilhas de lithium para o dia de cume.

    Quantidade: 1 troca
    Comprar
  • Lanterna de Cabeça

    Lanterna de LED ou foco, à pilhas. Preferencia para lanternas com mais de 120 lumens.

    Quantidade: 1
    Comprar
  • Óculos para montanha

    Categoria 3 ou 4 – com proteção lateral ou que cubra todo o rosto.

    Aprenda a escolher um óculos de montanha para comprar.

    Quantidade: 1
    Comprar
  • Protetor labial e solar

    Precisamos um protetor de pelo menos FPS 30. Pode ser comprado em qualquer farmácia local.

    Quantidade: 1
Tronco
Mãos
  • Luvas de segunda camada

    Luvas leves de fleece ou polartec para dias frios ou com vento

    Quantidade: 1 par
    Comprar
Pernas
Pés
  • Bota de caminhada

    Botas de caminhada de qualidade e em bom estado. Devem ser à prova d’água e de preferência, já amaciadas.

    Para ver botas unisex clique em “Comprar”. Para ver opções de botas femininas, clique aqui.

    Leia artigo que explica como comprar uma bota de trekking.

    Quantidade: 1 par
    Comprar
  • Esparadrapo para bolhas

    Para prevenir ou cobrir bolhas

    Quantidade: 1 rolo pequeno
  • Compeed para bolhas

    É um tipo de “pele artificial” para cobrir a pele em caso de bolhas. É a maneira mais eficaz para o tratamento de bolhas

    Quantidade: 1
  • Vaselina para bolhas

    Um pote pequeno de vaselina para prevenir bolhas

    Quantidade: 1
  • Crocs ou chinelo

    Par de crocs, chinelos ou sandálias para descansar os pés enquanto estamos na base.

    Quantidade: 1 par
    Comprar
  • Meias de Trekking

    Há vários tipos de meias de trekking. Elas são muito importante para não dar bolhas nos pés.

    Leia o artigo no AltaMontanha e veja qual meia de trekking comprar.

    Quantidade: 4 ou 5 pares
    Comprar
Diversos
  • Pijama ou roupa confortável

    Roupa confortável de algodão ou similar para passar a noite

    Quantidade: 1
  • Roupa de banho

    Para as oportunidades de banho durante o roteiro

    Quantidade: 1
  • Sabonete e shampoo biodegradável

    Para não poluir os rios. (Você pode escolher em usar só o sabão para tudo)

    Quantidade: 1
  • Powerbank

    Para carregar o seu celular

    Quantidade: OPCIONAL
  • Pedaço de corda de varal ou barbante

    Para secar a roupa nos acampamentos

    Quantidade: OPCIONAL
  • Toalha pequena de secagem rápida

    Para os banhos – deve ser pequena

    Quantidade: 1
  • Bastão de Trekking

    Ele dá mais estabilidade em terreno solto, em gelo duro ou mesmo em neve.

    Veja qual bastão de trekking comprar em artigo do AltaMontanha.

    Quantidade: 1 Ou Par
    Comprar
  • Mochila

    Veja qual se adapta à sua expedição.

    Leia este artigo e saiba como escolher uma mochila de montanhismo.

    Quantidade: de pelo menos 50 litros
    Comprar
  • Gel de carboidrato

    Gel para ajudar a grande perda de energia no final da expedição

    Quantidade: 3
    Comprar
  • Garrafa para água

    Garrafas de um polímero duro e boca larga. Existem os camelbacks mas dependendo da altitude o cano congela e tem que ter cuidado para o manuseio, para não deixar vazar. Mas são ótimo para hidratação sem precisar parar.

    Quantidade: 2 litros ou bolsa de hidratação
    Comprar
  • Kit higiene pessoal

    Sabão, escova de dentes, pente, toalha, etc

    Quantidade: 1
  • Isolante térmico

    Em Montanhas de Altitude utilizar 2 isolantes térmicos para seu conforto e segurança. Se o seu isolante for inflável, será obrigatório você ter um isolante de espuma (EVA) para diminuir a chance que este fure

    Quantidade: 1 ou 2 para mais conforto
    Comprar
  • Repelente

    1 repelente contra os insetos que podem transmitir doenças e causar alergias.

    Quantidade: 1
  • Saco de dormir

    Em montanhas de altitude preferimos os sacos de pluma de ganso. Saiba mais sobre plumas de ganso

    Leia artigo sobre saco de dormir e aprenda como escolher um saco de dormir para comprar.

    Quantidade: de -5C (temperatura de conforto)
    Comprar
  • Saco estanque

    Ajuda a manter suas coisas organizadas e secas. Não opte por sacos de lixo, eles rasgam muito facilmente. Estes sacos serão utilizados para embalar todas as roupas e utensílios que irão na mochila.

    Quantidade: 1 ou 2 de 20 Lts.
    Comprar

Perguntas frequentes

A Venezuela não está perigosa para ir?

Apesar dos problemas políticos, a região de Bolivar na Venezuela continua estável para realizar uma expedição de trekking.

Posso pagar as coisas lá com cartão?

Não. Na Venezuela você raramente vai conseguir pagar alguma coisa com cartão. Você deveria levar o que for gastar em dinheiro.

Quantos reais preciso levar em dinheiro?

A média de gastos raramente excede os 600 reais. Isso é suficiente para tudo incluindo um carregador.

E se eu quiser ir embora no meio do trekking dá para pedir um helicóptero?

Sim, podemos pedir um helicóptero para você pelo valor de 2200 dólares (7300 reais). Recomendamos você ter um seguro de resgate. Se o motivo de você ir embora for pessoal, você será cobrado pelo vôo.

Quanto peso vou carregar?

Se você respeitar a lista de equipamentos, sua média de peso será de 10kg de equipamentos. Se a sua mochila cargueira for razoável, não há motivos para que você não consiga carregar esse peso. Caso tenha dúvidas, você deveria contratar um carregador que vai custar 500 reais para o percurso todo.

Qual será a nossa hospedagem?

Vamos pernoitar em um hotel de 3 estrelas em Boa Vista chamado Uiramutam no primeiro dia e em Santa Elena (Venezuela) por 2 noites no Hotel Anaconda. Durante o trekking dormiremos em barracas. Serão duas pessoas por barraca.

Onde vamos nos encontrar e de onde vamos partir?

Vamos nos encontrar no aeroporto de Boa Vista (RR), onde seremos recepcionados por terra e depois levados ao Hotel Uiramutam na cidade.

E se a previsão do tempo estiver ruim?

O mês escolhido é que tem boas condições de tempo, tendendo a ser bastante seco o que facilita muito a logística ao não haver tantas chuvas. No entanto o Monte Roraima é um local com um micro clima único e por conta disso estaremos monitorando a previsão e tomando decisões que melhor atendam as necessidade do grupo todos os dias.

No dia de subida ao Tepui (Quinto dia no itinerário), pode ser que tenhamos algum tipo de contratempo se estiver chovendo torrencialmente. Mas neste caso iremos mudar o meio do itinerário assim a data de volta não é afetada.

Vocês incluem algum equipamento?

Incluímos equipamentos de uso coletivo, como barracas e equipamentos de cozinha. Além disso, levaremos kits de primeiros socorros. Os equipamentos individuais como jaquetas, bota, mochilas podem ser adquiridos com um desconto de 10% (a vista) na Loja AltaMontanha.com

As crianças pequenas podem ir?

Não, pois é trekking muito longo e exigente fisicamente. Decidimos colocar a idade mínima como 15 anos.

Há algum desconto para grupos?

Caso tenha um grupo, mande uma mensagem para a gente. Podemos ver uma condição boa para você.

Posso ir com o meu carro?

Caso você more em Manaus ou no Estado de Roraima, sim. Se você mora no resto do Brasil será muito difícil chegar lá por meios rodoviários.

E se eu não for de São Paulo, vocês vão organizar transporte de outros estados?

Você pode ser de qualquer lugar do mundo. O que importa é chegar em avião em Boa Vista no dia do começo do trekking. A ida para Boa Vista deve ser organizada por você.

Para onde posso ligar caso não encontre vocês?

Todos os guias terão celulares que funcionam. Todos receberão estes números no e-mail de briefing da viagem dias antes da partida. Durante o trekking nosso guia terá um telefone satelital para emergências.

E se chover durante o roteiro?


A prioridade é a segurança. Mesmo com algumas condições adversas, podemos fazer trekking. É muito provável que no mínimo um dia do roteiro chova, por isso é muito importante um bom anorak impermeável ou poncho.

O que vocês vão cozinhar durante a expedição?

O cardápio é definido com as informações descritas na ficha médica. Portanto, se você é vegetariano, não se preocupe, temos as opções para todo mundo comer. No entanto não temos como aceitar celíacos e veganos por questão de logística a não ser que você seja responsável por sua alimentação. Temos nosso próprio cozinheiro na expedição.

Qual a comida que comeremos na trilha?

O lanche de trilha será preparado pelo cozinheiro e é algo leve, que reponha as energias e que seja de fácil preparo, como chocolates, isotônicos, sanduíches e grãos. Colocamos também algumas frutas, como maçãs e pêras.

Qual o limite de idade para participar desta viagem?

Aceitamos aventureiros entre 15 a 65 anos de idade nesta viagem. Consulte ante qualquer dúvida.

Precisa de vacina para este roteiro?

Solicitamos a vacina contra febre amarela e deverá ser tomada pelo menos 10 dias antes da viagem. O cartão de vacinação internacional pode ser solicitado em qualquer aeroporto. É um item obrigatório.

Qual é a experiência necessária para esta viagem?

É importante que você já tenha feito trilhas com mais de 6 horas de duração, com boa inclinação. É imprescindível que não tenha fobia de altura, pois passamos por alguns trechos bem expostos à altura.Você deve estar muito bem treinado fisicamente e ter um bom equipamento (mochila, botas,…).

E se eu tiver alguma restrição alimentar?

Não tem problema, preencha a ficha médica e coloque as suas restrições alimentares e nós damos um jeito no cardápio para você. A exceção é com problemas graves de celíacos onde é necessário cozinhar com panelas próprias e veganos que tem uma dieta muito específica onde é muito difícil atender suas necessidades no meio da Amazônia.

Como serão os banheiros?

Nada sólido será deixado no Monte Roraima incluindo o número 2. Para isso teremos banheiros tipo cubículos feitos de tecido com zíper. Dentro deles teremos um banquinho vazado com uma tampa de privada. Para usá-lo basta abrir bem uma sacola debaixo do banquinho, fazer tudo o que precisa dentro da sacolinha, colocar um pouco de cal (que nós vamos fornecer) e colocar o papel higiênico dentro da sacola (que nós também fornecemos). Depois vamos colocar cada sacolinha em um saco grosso maior e nossos carregadores vão se ocupar de descer tudo de volta para a cidade.

Tem sinal de celular na montanha? Ficarei 8 dias sem sinal?

Não teremos internet entre Santa Elena e todo o trajeto do Monte Roraima. A internet em Santa Elena normalmente não é muito boa e não há sinal de 3g ou 4g no Monte Roraima.

Tem como eu carregar o meu celular na montanha?

Não temos tomadas no Monte Roraima. Você deveria levar um “power bank” para recarregar o seu celular durante o trekking.

Tem hotéis lá em cima?

Esses “hotéis” que mencionamos no itinerário são cavernas de rocha tão grandes que foram apelidadas de hotel.

Acho o crocs muito feio, posso levar chinelo?

O calçado crocs, apesar de feio, é muito prático na hora de colocar meias molhadas, carregar na mochila e andar pelo acampamento.

Veja algumas imagens de Bruno Masredon:
Veja alguns links sobre Bruno Masredon:

Bruno Masredon

Guia de Trekking e Atendimento

Bruno Poumayrac de Masredon é formado como técnico em turismo e agora como bacharel em turismo. Bruno sempre focou seus trabalhos no meio ecológico. No começo tudo era confuso, pois trabalhou como vendedor de sapatos, bartender, foi pro Rally dos Sertões, fez raves e, mesmo assim, nunca largou mão de ir pra montanha.

Ele é certamente uma pessoa indispensável nas nossas expedições. Além de focar em aprendizado e segurança ele tem histórias incríveis de sua vida tão variada, Bruno é o tipo de pessoa que pode te fazer chorar de rir!

Escoteiro desde os 8 anos de idade, foi lá que ele começou a vida ao ar livre, fazendo trilhas e acampando. Com 16 anos guiou seu primeiro grupo e com 19 já tinha conhecido diversos parques no Brasil.

Seu foco são as montanhas brasileiras, sendo que já foi pra maioria dos parques nacionais e agora começou a escalar alta montanha, tendo acompanhado um grupo do Gente de Montanha junto com Maximo Kausch e Pedro Hauck ao Huayna Potosi na Bolivia. Além disso, é praticante assíduo de grandes travessias com pouca ou nenhuma estrutura. Como ele mesmo diria “Conosco não tem enrosco, só não vale me chamar pra ir pra praia”.

Mapa

Custo

O custo total do trekking é de R$ 3.250 (desconto especial) ou pagamento parcelado de R$ 3.736. Entre em contato para detalhes sobre formas de pagamento.

O que está incluído:

  • Líder brasileiro GentedeMontanha durante todo o trekking;
  • Guias bilingues locais;
  • Transfer de/para aeroporto em Boa Vista;
  • 1 diária em quarto duplo/triplo no Hotel Uiramutam em Boa Vista;
  • 2 diárias em quarto duplo/triplo em Santa Elena de Uairén (Venezuela);
  • Transporte 4×4 Boa Vista/Santa Elena de Uairén/Paraitepui – ida e volta;
  • Pensão completa no trekking: café da manhã, almoço de trilha e jantar;
  • Barracas duplas durante todo o trekking;
  • Kit primeiros socorros;
  • Equipamentos de camping: barracas, lonas, fogareiro, material de cozinha;
  • Carregadores para equipamentos coletivos como barracas e alimentação;
  • Permissões burocráticas e entradas no Parque Nacional;
  • Equipamento de cozinha;
  • Barracas banheiro;

O que não está incluído:

  • Bilhetes aéreos de/para Boa Vista;
  • Seguro de resgate;
  • Almoços e jantas em Boa Vista e Santa Elena de Uairén;
  • Carregador de equipamentos pessoais – VOCÊ É RESPONSÁVEL POR CARREGAR SEU EQUIPAMENTO;
  • Equipamentos pessoais;
  • Resgate de helicóptero por motivos pessoais e médicos (2200 USD);
  • Ligações em telefone satelital;
  • Alimentação diferenciada (caso você tenha intolerância à glúten ou seja vegano);
  • Outros transfers e passeios não mencionados no roteiro;
  • Saco de Dormir e isolante térmico.

Opcionais

Carregador para o Monte Roraima

Você pode contratar um carregador para levar 15kg de sua carga pessoal para todos os acampamentos. 15kg é mais que suficiente. Para subir e descer toda a carga durante os 5 dias de ascensão nos acampamentos altos, você terá o custo adicional de R$ 480,00 (R$60 x 8 dias)

O carregador não acompanhará você nos acampamentos pois estará indo em sua própria velocidade. A carga será colocada na frente da sua barraca. Não se preocupe pois nunca tivemos problemas com cargas desaparecendo. É necessário que você tenha um ou mais sacos estanque impermeáveis de 20 ou 30 litros, dependendo da carga que passar ao carregador.

Opção acomodação individual Monte Roraima

A opção de acomodação individual inclui as seguintes:

  • 1 noite em hotel SGL em Boa Vista - Hotel Uiramutam - R$130
  • 2 noites em hotel SGL em Santa Elena de Uairén - R$145
  • Barraca individual no Monte Roraima - R$ 45 x 8 = R$280

TOTAL = R$ 555

Requisitos

Os requisitos para que você possa participar desta expedição são:

  • Preencher a ficha médica e ter ela aprovada pelo guia;
  • Seguro de resgate OBRIGATÓRIO:  GLOBAL RESCUE (resgate);
  • RG de até 1o anos ou passaporte válido por pelo menos 6 meses após a data da expedição com pelo menos 1 página em branco;
  • Vacina Febre Amarela obrigatória;
  • Conseguir carregar uma mochila de 10kg – caso não consiga deve contratar carregador;
  • Experiência em Trekkings de várias jornadas com acampamento;
  • Atestado médico de boa saúde física;
  • Um bom treinamento cárdio-vascular;
  • Vontade de se divertir;
  • Ler todas as informações disponíveis no website.
Dificuldade do trekking: Sustenida

_

Preparação Cárdio-vascular: Razoável

_

Parcerias