Roteiros Solidários

Roteiros Solidários Gente de Montanha

Ao escalar uma montanha, conhecemos muito mais do que as suas trilhas e suas lindas paisagens. Também conhecemos a comunidade local, a cultura e o povo que habita aquela região. E muitas vezes a realidade de vida dessas pessoas é tão dura que se opõem beleza da natureza e ao maravilhoso estado de espírito que as montanhas nos proporcionam.

Pensando em como interagir com mais responsabilidade social com essas populações, o Gente de Montanha criou os Roteiros Solidários. Nosso objetivo é retribuir um pouco do bem estar que ganhamos em uma viagem assim e ajudar as populações carentes da região que exploramos.

Em 2015, na nossa primeira expedição ao monte Kilimanjaro, nosso guia Maximo Kausch conheceu o professor Lazaro, que contou sobre o orfanato Kilimanjaro Orphanage Centre e sobre a escola Kilimanjaro Children Foundation. Ele também relatou as dificuldades que eles encontram para manter essas instituições. Assim, resolvemos retribuir um pouco do incrível bem estar que ganhamos ao visitar aquela região, ajudando o orfanato e a escola. E proporcionamos a essas crianças melhorias na educação e na qualidade de vida.

Ao final da expedição, surpreendentemente, percebemos que ao ajudar financeiramente e doar um pouquinho do nosso tempo a eles, quem recebeu mais fomos nós. A experiência de presenciar aquelas vidas tão frágeis lutando para sobreviver, nos dão mais motivação e força para lidar com os nossos problemas do dia a dia. E a emoção de poder ajudar alguém que realmente precisa, sempre é recompensadora. Nos anos de 2016 e 2017 houve mais duas expedições ao Kilimanjaro e a renda adquirida foi doada a escola e ao orfanato novamente.

Após a primeira viagem a Africa, resolvemos expandir o projeto para outras realidades difíceis que conhecemos. Foi então que convidamos a médica Karina Oliani e o fotografo Andrei Polessi idealizadores do instituto Dharma para unir forças em uma grande ação social no Himalaia. Em abril de 2017, realizamos o primeiro trekking solidário ao Acampamento-Base do Everest. Ao todo participaram 44 pessoas e conseguimos arrecadar cerca de 100 mil reais que foram doados para a pequena Vila Patle que ainda se recupera do terremoto sofrido em 2015.

Em 2017 também fizemos o primeiro roteiro solidário aqui em nosso amado Brasil. Apesar de belo, sabemos que em nosso país ainda há muita desigualdade e muita coisa a ser feita pela nossa gente. Mais uma vez o Gente de Montanha e o Instituto Dharma se uniu para promover o Treking ao Monte Roraima. Dessa vez foram 28 participantes, e a renda da viagem foi destinada a uma Expedição Médica no sertão do Piauí.

O Gente de Montanha acredita no turismo responsável, e nossas expedições sempre buscam respeitar o ambiente, a cultura e economia local. E também confiamos que até mesmo as pequenas ações de cada um, pode melhorar muito a vida de alguém. Se você se interessa por expedições que unem aventura, desafio, autenticidade e sustentabilidade, confira os nossos próximos Roteiros Solidários.

Próxima Expedição Solidária

PARCEIROS NOS PROJETO SOLIDÁRIOS


Instituto Dharma

Kilimanjaro Orphanage Centre 

 

Logo depois do terremoto que destruiu grande parte da Índia e do Nepal em 2015, Karina Oliani (médica, produtora e apresentadora de TV, e atleta) e Andrei Polessi (diretor de arte e fotógrafo) resolveram se unir em torno de uma ideia simples: publicar um livro de fotos destes dois países, onde todo o lucro seria revertido para construção de uma escola no Nepal. Selecionaram então imagens que fizeram durante viagens entre 2007 a 2013 e, através do Catarse levantaram recursos para o livro Dharma, lançado em dezembro de 2015.

O projeto que começou sem maiores pretensões, surpreendentemente teve um sucesso maior que esperado. Não só excederam em 40% a meta de captação estipulada – o que permitiu ampliar o investimento inicial proposto para a escola – mas também atraíram a atenção de muitos parceiros, que quiseram se unir à iniciativa.

O livro Dharma saiu literalmente do papel e hoje é um instituto, realizando ações humanitárias no Brasil e no mundo.

Conheça o site do Instituto Dharma

O Centro do Orfanato Kilimanjaro, na ala Pasua, distrito de Moshi, foi fundado no início de 2009 por Edward Lazaro, chamado “Professor”. Ele respondeu à necessidade de fornecer cuidados e abrigo a um número crescente de crianças órfãs na região do Kilimanjaro. Atualmente, cuidamos de mais de 125 crianças.

Como uma carta de organização não governamental nº 3959, tem a missão de fornecer abrigo, nutrição, segurança, cuidados de saúde e uma educação de longo prazo para crianças órfãs em risco. É a esperança e meta em proporcionar um ambiente que ofereça a oportunidade de superar os obstáculos tremidos da infância destas crianças.

Conheça o site do Kilimanjaro Orphanage Centre

 


Últimos posts

Parcerias