Monte Roraima Solidário

Enviar por e-mail

Seu nome (obrigatório)

Seu e-mail (obrigatório)

Copiar amigos (separar emails por vírgula)

 Aceito receber notícias de futuras expedições, cursos ou viagens

Sobre

Conheça mais sobre o Dharma Piauí!

Data – 15/10/2017 a 25/10/2017

Trekking Monte Roraima Solidário – 11 dias – R$ 2.950

O Monte Roraima, localizado na tríplice fronteira Brasil, Venezuela e Guiana é atualmente uma das montanhas mais desejadas pelos montanhistas e trekkers do país. Paisagens incríveis de grande beleza cênica, caminhadas longas, prazerosas e fáceis além das histórias e lendas inspiradoras são os atrativos do roteiro.

Famoso pelo romance de Conan Doyle sobre o Mundo Perdido, o Roraima é uma montanha diferente das outras, pois tem um cume de mais de 100 km2, onde de acordo com o escritor britânico viviam monstros pré históricos. Apesar da fantasia, a paisagem do cume de fato inspira um mundo perdido por conta das diversas formas geológicas bizarras, como torres de pedra, cavernas, fendas profundas, cachoeiras, lagos gelados e a vegetação um tanto exótica, quase sempre envolta em neblina por conta da diferença de temperatura do topo com o entorno da montanha, em latitudes equatoriais.

Mesmo no meio da Amazônia, a região do Roraima não é envolta por florestas, mas sim pela “Gran Sabana”, um tipo de um cerrado venezuelano que se estende pelo estado brasileiro de nome homônimo. Paisagem essa que fará parte dos primeiros dias do trekking.

Apesar de fazer parte do Brasil, o acesso e os serviços são todos venezuelanos. A cidade base para este roteiro é a pequena Santa Elena do Uairén, localizada na fronteira com Pacaraima, Brasil. O acesso se dá por uma aldeia indígena, Paraitepuy, ponto de entrada para o Parque Nacional de Canaima onde está a montanha na Venezuela.

Este roteiro de 8 dias e 7 noites, mais os dias de chegada e retorno em Boa Vista e inclui o deslocamento de Boa Vista (RR) até Santa Elena e de lá até a montanha ida e volta. Guias de montanha. Alimentações durante o trekking e barracas.

Com grande orgulho informamos que o nosso roteiro ao Monte Roraima também será solidário! Idealizamos diversos roteiros vinculados à projetos sociais, onde parte ou todo o lucro é doado à instituições de ligadas ao Instituto Dharma, bem como outras parcerias.

A primeira ação social foi no Monte Kilimanjaro, na Tanzânia, em junho de 2016. Com os fundos e mantimentos arrecadados, conseguimos ajudar 296 crianças que moram nos pés desta bela montanha. Ajudamos a manter o Kilimanjaro Orphanage Centre e o Kilimanjaro Children Foundation por vários meses.

E contamos com a participação de 44 amigos membros do nosso time no Trekking Solidário ao Everest que realizamos em abril de 2017! E contribuímos com o Nepal com uma doação de quase 100 mil reais. Pois o Nepal ainda luta para se reerguer após o terremoto mais forte de sua história, ocorrido em abril de 2015. E pudemos contribuir com a ajuda de todos para projetos que visam a reconstrução de escolas e obras de infra-estrutura focadas em melhor a qualidade de vida e na educação deste povo tão acolhedor!

Pensando em nosso país e num papo descontraído com a Karina Oliani e o Andrei Polessi, soubemos mais detalhes sobre uma Expedição do Instituto Dharma no Piauí! E logos nossas ideias surgiram em transformar o nosso Roteiro ao Monte Roraima em mais um dos nossos projetos com responsabilidade social. E ainda mais para contribuir com o nosso povo, nossa Gente!

Karina Oliani

Apresentadora de TV, médica e atleta multi-disciplinar

A conhecida apresentadora de TV, Karina Oliani. Trata-se de uma médica e atleta multi-disciplinar e que é hoje referência em esportes outdoor. Ela já esteve diversas vezes no Nepal e já escalou o cume do Everest, tornando-se a brasileira mais jovem a completar a façanha. Leia mais sobre Karina Oliani.

Maximo Kausch

Líder de expedições e alpinista, recordista mundial de montanhas de altitude

Maximo Kausch é o recordista mundial com mais montanhas de 6000 metros no mundo! Ao todo ele já conta com pelo menos 200 expedições em seu currículo. Maximo será o líder do trekking e mais tarde vai levar a equipe do 7 Cumes para o cume do Everest com 8848m. Leia mais sobre Maximo Kausch.

O motivo de termos juntando as forças destas 3 personalidades é para ajudar o Dharma no Sertão do Piauí!

DHARMA PIAUÍ

dharmaO Dharma Piauí foi idealizado por Karina Oliani e Andrei Polessi. Que tem como objetivo uma Missão Médica no Piauí e desafia as dificuldades do sertão!

Levar serviços de saúde para os moradores do sertão do Piauí acaba sendo um exercício de constante adaptação. O semi-árido nordestino tem o cenário muito diferente e não oferece as facilidades do meio urbano de onde vem grande parte dos voluntários. Também há o desafio de prestar atendimento a cada um ou dois dias num lugar diferente. É necessário deslocar equipe, aparelhos para realização de exames e cirurgias, óculos para doação e medicamentos que serão prescritos para os tratamentos indicados.

Já realizamos uma primeira ação em 2016, uma missão médica com quase 2.000 Atendimentos, na qual a equipe recebeu 3 pacientes que precisaram de atendimento de emergência e foram encaminhados para internação em Paulistana-PI e Afrânio-PE, as poucas cidades da região a contar com hospital. Um desses pacientes, um menino de seis anos, apresentava quadro de desnutrição e desidratação graves e levou 2 dias no soro para que pudesse voltar a urinar.

Todo o material adquirido para a ação que sobrou foi doado para utilização nos município e continuou ajudando os sertanejos por mais alguns meses.

O Projeto contou ainda com uma forte campanha sobre a prevenção do Câncer de mama, já que a maioria das mulheres da região não tem acesso a informações sobre a detecção de doença. Além de mais de 200 consultas ginecológicas, foram realizados exames como o papanicolau e o de mama.

Este ano queremos contribuir ainda mais!

Os requisitos para que você possa participar desta expedição são:

  • Preencher a ficha médica e ter ela aprovada pelo guia;
  • OBRIGATÓRIO ter um vôo flexível caso necessário mudar por condições de mau tempo;
  • Seguro Trekking – Contrate a GLOBAL RESCUE aqui e temos outros seguros no Brasil (fale com o nosso atendimento);
  • Identidade recente ou passaporte válido por pelo menos 6 meses após a data da expedição com pelo menos 1 página em branco;
  • Compra da passagem aérea até Boa Vista (chegada dia 15 e retorno dia 25 após as 18h00);
  • Vacina Febre Amarela;
  • Atestado médico de boa saúde física;
  • Experiência em Trekkings de várias jornadas com acampamento;
  • Um bom treinamento cárdio-vascular;
  • Vontade de se divertir;
  • Ler todas as informações disponíveis no website.

Itinerário

Trekking Monte Roraima – 11 dias

Distância: 54,1km
Altimetria acumulada: 2407m

Dia 1 – Local de origem/ Chegada em Boa Vista
Chegada em Boa Vista e transfer ao hotel. Incluído Pernoite em hotel, sem refeição.

Dia 2 – Boa Vista / Santa Elena de Uairén
Briefing às 09h00 no Hotel Aipana Plaza. A participação no briefing é obrigatória. Saída de Boa Vista às 14h00 com destino a Santa Elena de Uairén (220km), com chegada prevista para 18h00 no hotel. Noite livre em Santa Elena de Uairén. Temperatura: 25ºC, aproximadamente. Incluído: Jantar e Pernoite em hotel com café da manhã.

Dia 3 – Santa Elena de Uairén / Comunidade Indígena Paraitepuy / Acampamento Rio Kukenan

Após um delicioso café da manhã, partimos de Santa Elena de Uairen em um veículo, um jipe 4×4 até a comunidade indígena Paraitepui de Roraima, ponto mais próximo ao Tepui, até nde é acessível para os veículos (100km) por volta das 08h00. Distribuição e pesagem da bagagem para início do trekking. Começamos a nossa caminhada de aproximadamente 5 horas (14km) para chegar ao acampamento no rio Kukenan localizado a 1.050 metros de altitude. Montaremos acampamento e teremos tempo para reconhecimento da área, fotos, descanso, algumas reflexões e informações sobre o próximo dia de trekking. No caminho cruzamos dois rios e quando chove, o segundo rio fica com maior corredeira, mas nossos guias irão ajudar a cruza o rio. Temperatura: 25ºC, aproximadamente. Incluído: Pernoite em barracas duplas, café da manhã, lanche de trilha e jantar.

Distância: 14,2km
Altimetria acumulada: 402m

Dia 4 – Rio Kukenan / Base do Monte Roraima

Tomaremos café da manhã e sairemos por volta das 08h00 rumo à base da montanha. Percurso de 9km com caminhada entre 4 e 5 horas de duração. Apesar de o percurso ser menor, o esforço será bem maior devido a 70% do caminho ser de subida, e chegaremos a 1870 metros de altitude. Na chegada, montaremos acampamento e vamos comer, e teremos uma tarde para tirar belas fotos e refrescar no pequeno rio perto do acampamento, e já podemos observar de perto o imponente Roraima, pela noite jantaremos e passamos as informações sobre o dia seguinte. Temperatura: 20ºC, aproximadamente. Incluído: Pernoite em barracas duplas, café da manhã, lanche de trilha e jantar.

Distância: 7,24km
Altimetria acumulada: 790m

Dia 5 – Base do Monte Roraima / Topo 2.734m

Neste dia caminhamos cerca de 3 horas (1,5km), seguindo caminho rumo ao topo. Caminhamos através da mata, raízes e pedras soltas. Este será um dos momentos mais bonitos do trekking, com paradas durante o trajeto para fotos, descanso, contemplação da paisagem, flores como orquídeas de diversas espécies e pequenos pássaros. Chegaremos a 2800 metros de altitude e por essa razão a temperatura cai consideravelmente. Faremos uma breve parada para recuperar o fôlego, reunir o grupo e seguir para o local do acampamento. Tarde de descanso. Primeira noite no topo. Temperatura no topo: 10ºC durante o dia – 05ºC à noite, podendo chegar a 0ºC, se chover. Incluído: Pernoite em barracas duplas, café da manhã, lanche de trilha e Jantar.

Distância: 5,2km
Altimetria acumulada: 785m 

Dia 6 – Vale dos Cristais / Ponto Triplo / Acampamento Coati – Lado Brasileiro

Tomaremos um café da manhã e sairemos com destino ao Vale dos Cristais e Ponto Triplo, vamos caminhar cerca de 11 km de distância. Neste ponto todos poderão descansar, fazer um lanche e tirar fotos. É o ponto onde se encontram os três países Venezuela, Brasil e Guiana. Logo depois, seguiremos para o acampamento chamado Hotel Coati, distante 40 minutos. A caminhada neste dia será de 15 km, aproximadamente. O Coati é um lugar enigmático, misterioso e encantador, localizado entre duas pedras enormes, onde há uma entrada como se fosse uma caverna. Tem uma espécie de hall onde se vê o céu. Neste lugar há uma espécie de jardim de inverno: uma pequena lagoa no centro, rodeado de plantas variadas, um pequeno paraíso. É um lugar bom para quem gosta do silêncio e do isolamento.
Aos que estiverem dispostos, poderão caminhar 500mt até o paredão no lado brasileiro, onde avistarão a floresta do Parque Nacional do Monte Roraima na Reserva Indígena Raposa Serra do Sol, onde vivem os índios Ingarikó, e logo adiante o Roraiminha (um tepuy menor). Segunda noite no topo. Incluído: Pernoite em barracas duplas, café da manhã, lanche de trilha e Jantar.

Dia 7 – Acampamento Coati / Lago Gladys 

Tomaremos café da manhã e faremos uma caminhada de 12 km aproximadamente desde o acampamento Coati na direção do Lago Gladys, passaremos pelo Rio Cotinga logo de um colorido percuro chegaremo a grieta da Proa, teremos uma vista panorâmica incrível, voltaremos ao acampamento Coati para jantar.
É um lindo passeio, a trilha é um pouco diferente da que se fez até agora, e o Lago é um atrativo à parte e terá uma incrível vista panorâmica. Para aqueles que preferem um pouco de descanso, podem ficar no acampamento.
Incluído: Pernoite em barracas duplas no acampamento Coati. Terceira noite no topo. Café da manhã, lanche de trilha e jantar.

Dia 8 – Acampamento Coati / El Foso

Tomaremos café da manhã e o percurso será de 11 km . desde o Hotel Coati até o sul do Monte Roraima, visitaremos a foça e chegaremos até o acampamento principal. Incluído: Pernoite em barracas duplas no acampamento Coati. Quarta noite no topo. Café da manhã, lanche de trilha e jantar.

Dia 9 – Retorno ao Rio Tek

Após café da manhã, sairemos para um dia de caminhada aproximadamente 7 horas e descem de 2800-1050 metros. Sendo as primeiras três horas de descida íngreme, para o acampamento base, onde almoçamos e vamos continuar a nossa caminhada de 4 horas até o acampamento Rio Tek. Vamos refrescar no rio abaixo de um pequeno salto (cachoeira) com a vista para o Roraima e Kukenan.  Incluído: Pernoite em barracas duplas no acampamento Rio Tek. Café da manhã, lanche de trilha e jantar.

Distância: 20,2km

Dia 10 – Descida para Santa Elena de Uairen

Saímos depois do café da manhã e levantamos acampamento, com uma caminhada de cerca de 4 horas até a base. Atravessaremos os dois rios do primeiro dia e chegaremos em Paraitepuy, onde estarão nos esperando com grutas e bebidas geladas. Continuamos até a Comunidade Indígena do San Francisco de Yuruaní para tomar nosso almoço e depois tomaremos um tempo para adquirir artesanatos típicos dos indígenas. E depois seguiremos para Santa Elena de Uairen. Incluído: Pernoite em hotel com Café da manhã e transporte. Jantar por conta de cada um.

Dia 11 – Boa Vista

Dia de retorno ao Brasil com deslocamento rodoviário para Boa Vista (220km), saindo pela manhã de Santa Elena de Uairen, com previsão de chegada às 13h00 em Boa Vista! Recomendamos comprar um vôo após as 17h00. Incluído: Transporte até Boa Vista e transporte até o aeroporto. Jantar por conta de cada um. Serviço de hotel (day use).

* Você terá a oportunidade de participar do Projeto Dharma Piaui no Sertão! Em breve divulgaremos o itinerário da ação solidária e como você poderá participar.

** O itinerário disponível aqui está sujeito à mudanças devido à condições climáticas, performance do grupo ou mudanças políticas/administrativas do local em questão.

Equipamentos

Todos os clientes GentedeMontanha.com tem desconto de 10% à vista na Loja Alta Montanha. Trata-se da loja virtual com mais variedade de equipamentos de montanha no Brasil. O desconto só é validado para clientes ou ex-clientes do GentedeMontanha.com. O desconto aparece automaticamente quando o cadastro for feito usando o mesmo email que nós temos no seu cadastro. Caso seu desconto não apareça por favor informe o nosso atendimento.

O equipamento é uma das partes essenciais para o sucesso de uma expedição. Siga esta lista rigorosamente e nos informe qualquer dúvida. O equipamento será checado pelo guia logo após a sua chegada. Veja a lista por partes:

Lembre-se, você é responsável por carregar seu próprio equipamento.
Cabeça
  • bone

    Boné ou chapéu

    Um boné ou chapéu para proteger do sol

    Comprar
  • gorro_neblina_cinza-copia

    Gorro

    Gorro de lã ou polartec é muito útil nos dias frios

    Comprar
  • 141xNxExplorer_noir-vert_J326-514_1722_2.png.pagespeed.ic.jZ4TkJQUm8

    Óculos para montanha

    Categoria 3 ou 4 – com proteção lateral ou que cubra todo o rosto.

    Aprenda a escolher um óculos de montanha para comprar.

    Quantidade: óculos de sol
    Comprar
  • 115149251_1GG

    Protetor labial e solar

    Calculamos que a luz UV em montanhas de altitude é de pelo menos 10 vezes maior que ao nível do mar. Precisamos um protetor de pelo menos FPS 30

    Pode ser comprado em qualquer farmácia.

  • batteries

    Pilhas

    AA ou AAA dependendo de sua lanterna. Considere levar um jogo de pilhas de lithium para o dia de cume.

    Comprar
  • 141xNxlanterna.png.pagespeed.ic.HMEfehu_q6

    Lanterna de Cabeça

    Lanterna de LED ou foco, à pilhas. Preferencia para lanternas com mais de 120 lumens.

    Comprar
Tronco
Pernas
Mãos
  • Luvas-segunda-camada

    Luvas de segunda camada

    Luvas leves de fleece ou polartec para dias frios ou com vento

    Comprar
Pés
  • Crocs ou chinelo

    Par de crocs, chinelos ou sandálias para descansar os pés enquanto estamos na base.

    Quantidade: 1 par
    Comprar
  • Meias-de-trekking

    Meias de Trekking

    Há vários tipos de meias de trekking. Elas são muito importante para não dar bolhas nos pés.

    Leia o artigo no AltaMontanha e veja qual meia de trekking comprar.

    Quantidade: 4 ou 5 pares
    Comprar
Equipamentos Diversos
  • Repelente-Mosquito-1

    Repelente

    1 repelente contra os insetos que podem transmitir doenças e causar alergias.

  • cantil

    Cantil ou garrafa

    Cantil ou garrafa (pode ser PET) para hidratação durante o percurso

    Comprar
  • gel

    Gel de carboidrato

    Gel para ajudar a grande perda de energia no final da expedição

    Comprar
  • food

    Snacks

    Salgadinhos, doces, etc. Comida pronta para complementar os dias da expedição. Em montanhas de altitude não se preocupe com as vitaminas ou proteínas já que é tão difícil digerir esse tipo de comida. Toda essa comida pode ser comprada num mercado local.

  • estanque

    Saco de estanque ou de plástico

    Ajuda a manter suas coisas organizadas e secas. Não opte por sacos de lixo, eles rasgam muito facilmente. Estes sacos serão utilizados para embalar todas as roupas e utensílios que irão na mochila.

    Quantidade: 2 ou 3
    Comprar
  • Saco-de-dormir

    Saco de dormir

    Em montanhas de altitude preferimos os sacos de pluma de ganso. Saiba mais sobre plumas de ganso

    Leia artigo sobre saco de dormir e aprenda como escolher um saco de dormir para comprar.

    Quantidade: de -5C (temperatura de conforto)
    Comprar
  • deuter

    Mochila

    Veja qual se adapta à sua expedição.

    Leia este artigo e saiba como escolher uma mochila de montanhismo.

    Quantidade: Mochila cargueira de 55 litros
    Comprar
  • kit

    Kit higiene pessoal

    Sabão, escova de dentes, pente, toalha, etc

  • Isolante-tÇrmico

    Isolante térmico

    Em Montanhas de Altitude utilizar 2 isolantes térmicos para seu conforto e segurança. Se o seu isolante for inflável, será obrigatório você ter um isolante de espuma (EVA) para diminuir a chance que este fure

    Comprar
  • nalgene

    Garrafa para água

    Garrafas de um polímero duro e boca larga. Existem os camelbacks mas dependendo da altitude o cano congela e tem que ter cuidado para o manuseio, para não deixar vazar. Mas são ótimo para hidratação sem precisar parar.

    Quantidade: 2 de 1 litro
    Comprar
  • Bast∆o-de-caminhada

    Bastão de Trekking

    Ele dá mais estabilidade em terreno solto, em gelo duro ou mesmo em neve.

    Veja qual bastão de trekking comprar em artigo do AltaMontanha.

    Comprar

Perguntas frequentes

Vocês dizem que é uma expedição solidária, o que isso significa?

Significa que vamos doar o lucro de cada cliente, para as ações de atendimento médico do Projeto Dharma Piauí do Sertão.

Qual será a nossa hospedagem?

Vamos pernoitar em um hotel em Boa Vista  no primeiro dia e em Santa Elena uma noite antes de ir ao Monte Roraima e uma noite depois. Depois dormiremos em barracas em campings selvagens na montanha. Serão duas pessoas por barraca.

Onde vamos nos encontrar e de onde vamos partir?

Vamos nos encontrar no aeroporto de Boa Vista (RR), onde seremos recepcionados por terra e depois levados a um hotel na cidade.

E se a previsão do tempo estiver ruim?

O mês escolhido é que tem boas condições de tempo, tendendo a ser bastante seco o que facilita muito a logística ao não haver tantas chuvas. No entanto o Monte Roraima é um local com um micro clima único e por conta disso estaremos monitorando a previsão e tomando decisões que melhor atendam as necessidade do grupo todos os dias.

Vocês incluem algum equipamento?

Incluímos equipamentos de uso coletivo, como barracas e equipamentos de cozinha. Além disso, levaremos kits de primeiros socorros. Os equipamentos individuais como jaquetas, bota, mochilas podem ser adquiridos com um desconto de 10% (a vista) na Loja AltaMontanha.com

As crianças pequenas podem ir?

Não, pois é trekking muito longo e exigente fisicamente.

Há algum desconto para grupos?

Caso tenha um grupo, mande uma mensagem para a gente. Podemos ver uma condição legal para você.

Posso ir com o meu carro?

Sim. se você morar em Manaus ou no Estado de Roraima. Se você mora no resto do Brasil será muito difícil chegar lá por meios rodoviários.

E se eu não for de São Paulo, vocês vão organizar transporte de outros estados?

Você pode ser de qualquer lugar do mundo. O que importa é chegar em avião em Boa Vista no dia do começo do trekking.

Para onde posso ligar caso não encontre vocês?

Todos os guias terão celulares que funcionam. Todos receberão estes números no e-mail de briefing da viagem dias antes da partida.

E se chover durante o roteiro ?

A prioridade é a segurança. Mesmo com algumas condições adversas, podemos fazer trekking. É muito provável que no mínimo um dia do roteiro chova, por isso é muito importante um bom anorak impermeável ou poncho.

O que vocês vão cozinhar durante a expedição?

O cardápio é definido com as informações descritas na ficha médica. Portanto, se você é vegetariano, não se preocupe, temos as opções para todo mundo comer. No entanto não temos como aceitar celíacos e veganos por questão de logística a não ser que você seja responsável por sua alimentação.

Qual a comida que comeremos na trilha?

O lanche de trilha será preparado pelos guias e é algo leve, que reponha as energias e que seja de fácil preparo, como chocolates, isotônicos, sanduíches e grãos. Colocamos também algumas frutas, como maçãs e pêras.

Qual o limite de idade para participar desta viagem?

Aceitamos aventureiros entre 16 a 65 anos de idade nesta viagem. Consulte ante qualquer dúvida.

Precisa de vacina para este Roteiro?

Solicitamos a vacina contra febre amarela e deverá ser tomada pelo menos 10 dias antes da viagem. O cartão de vacinação internacional pode ser solicitado em qualquer aeroporto. É um item obrigatório.

Qual é a experiência necessária para esta viagem?

É importante que você já tenha feito trilhas com mais de 6 horas de duração, com boa inclinação. É imprescindível que não tenha fobia de altura, pois passamos por alguns trechos bem expostos à altura.Você deve estar muito bem treinado fisicamente e ter um bom equipamento (mochila, botas,…).

E se eu tiver alguma restrição alimentar?

Não tem problema, preencha a ficha médica e coloque as tuas restrições alimentares e nós damos um jeito no cardápio para você. A exceção é com problemas graves de celíacos onde é necessário cozinhar com panelas próprias e veganos que tem uma dieta muito específica onde é muito difícil atender suas necessidades no meio da Amazônia.

Itens Adicionais a Lista de Equipamentos – Check list:

Recomendamos verificar a lista de equipamentos para o Monte Roraima e alguns itens adicionais como:

  • traje de banho
  • protetor labial (para evitar ressecar os lábios)
  • baterias e cartões de memória suficientes para sua câmera
  • passaporte ou bilhete de identidade
Roupas de dormir sempre serão as mesmas, todos os dias:
  • 01 sandália para descanso nos acampamentos
  • 01 par de meias para dormir
  • 01 calça de dormir (pijama ou abrigo)
  • 01 bermuda
  • Roupas íntimas
  • 01 pequeno travesseiro
Roupas de caminhadas conforme mencionado na lista de equipamentos:
  • Tensor para joelhos
  • Capa de chuva – preferência para os modelos tipo poncho
  • 01 rolinho de barbante para usar como varal
  • Binóculos (opcional)
  • Máquina fotográfica
* Higiene e medicação – dê preferência para produtos biodegradáveis.
Shampoo, escova/creme e fio dental, desodorante, sabonete, agulha, tesourinha, linha de costura, faixas tipo gaze, esparadrapo, batom ou manteiga de cacau, protetor solar, repelente, Bad-aid, relaxante muscular, creme hidratante para pele, pomada contra assaduras, vaselina para evitar bolhas, medicamentos de uso contínuo ou para primeiras necessidades (consulte sugestões), papel higiênico, lenços umedecidos. Lembrar de trazer purificador de água (recomendável, porém, não imprescindível).
Lembre-se, você é responsável por carregar seu próprio equipamento.

Maximo Kausch

Fundador e guia de expedições

Maximo Kausch nasceu na Argentina e se mudou para o Brasil ainda quando era criança. Ele escala há 15 anos e se especializou em montanhas de altitude. Durante suas expedições, Maximo conheceu algumas das mais remotas escaladas do planeta e visitou mais de 25 países.

Recentemente Maximo se tornou o recordista mundial de montanhas de altitude ao conquistar o cume de 83 montanhas com mais de 6000 metros de altitude nos Andes. Por isso Maximo Kausch foi escolhido o Aventureiro do Ano em 2013. Ele é um dos alpinistas com mais experiência no mundo.

Maximo é atualmente o guia de montanha mais experiente do Brasil. Ele já liderou 11 expedições em montanhas com mais de 8000 metros, as maiores do planeta, e algumas dezenas de expedições de montanhas com mais de 6000 metros de altitude.

Trata-se de uma pessoa extremamente calma, mesmo diante de situações de emergência nas quais muitos perderiam a calma. Em suas expedições ele sempre está focando em um bom plano de aclimatação brindando assim muita segurança.

Ele literalmente passa a maior parte do tempo em grandes altitude guiando montanhas no Himalaia e Andes. Como guia ele trabalha para a empresa americana SummitClimb.com.

No seu tempo livre Maximo escala rocha e pratica escalada mista em montanhas remotas. Ele conta com pelo menos 85 ascensões nos Andes e várias outras nos Alpes, Pamires e Himalaia. Em 2012 Maximo iniciou um projeto inédito e escalou sozinho 30 montanhas com mais de 6000 metros totalmente sozinho.

Maximo gosta muito de escrever e é um dos maiores contribuidores do portal AltaMontanha.com. Além de seus artigos, Maximo contribui muito para o montanhismo, disponibilizando todas as rotas de montanhas que escala em forma de mapas virtuais para GPS no site Rumos.net.br.

Ele é treinado em primeiros socorros em áreas remotas (WFR) e já participou de mais de 10 resgates em grandes altitudes. Esse possui grande experiência em medicina de montanha e já realizou diversos procedimentos clínicos em grandes altitudes. Maximo tem diversos artigos relacionados à altitude como: fisiologia, drogas, problemas oculares, odontologia, espectro bacteriano e muito mais…

Além disso ele tem uma grande experiência em logística e recursos humanos em montanhas. Ele já conduziu expedições com até 15 trabalhadores e 5 toneladas de equipamentos, colocando centenas de clientes no cume de diversas montanhas.

Premiações

Recorde Mundial: Recentemente Maximo se tornou o recordista mundial de montanhas de altitude ao conquistar o cume de 70 montanhas com mais de 6000 metros de altitude nos Andes.

Mosquetão de Ouro 2015: Pedro Hauck e Maximo Kausch, que moram em Curitiba PR, levaram o prêmio por terem finalizado em 2014 a escalada de todas as montanhas acima de 6 mil metros na Bolívia.

Aventureiro do ano em 2013: Maximo recebeu o prêmio de aventureiro do ano em 2013 pela revista Go Outside pelo seu inusitado projeto de escalada à todas as montanhas com mais de 6000m.

Destaque do ano de 2013: A conceituada revista Blog de Escalada elegeu Maximo Kausch como destaque de 2013 devido à quantidade de escaladas que o alpinista realizou em 2013.

Projeto de destaque em 2014: A Mount Everest Foundation escolheu o projeto de Maximo Kausch e financiou a etapa de exploração de montanhas virgens com mais de 5000 metros de altitude.

Destaque do ano de 2015:  O site Blog de Escalada, um dos principais meios de comunicação do outdoor brasileiro, elegeu Maximo Kausch como o maior destaque no cenário do montanhismo de altitude. LEIA MAIS

Mais sobre Maximo Kausch

Perfil de Maximo no Wikipedia (português)

Perfil de Maximo no Wikipedia (inglês)

Colunista da Go Outside

FanPage no Facebook

Página de Instagram

Coluna no Blog da SPOT Brasil

Coluna na Makalu Outdoors

Perfil na SummitClimb.com

Algumas rotas de GPS publicadas no Wikiloc

Mapa

Custo

O custo total da expedição é R$ 2.950, entre em contato para detalhes sobre formas de pagamento. 

O que está incluído:

  • Transfer in/out em Boa Vista (Roraima)
  • Hospedagem em apartamento triplo/duplo em Boa Vista – 02 diárias
  • Hospedagem em apartamento triplo/duplo em Santa Elena de Uairén – 02 diária
  • Transporte Boa Vista/Santa Elena de Uairén/Comunidade Indígena Paraitepuy – ida e volta
  • Pensão completa no trekking: café da manhã, almoço de trilha e jantar
  • Kit primeiros socorros
  • Seguro-viagem
  • Equipamentos de camping: barracas, lonas, fogareiro, material de cozinha
  • Guia de trilha bilíngue e Guia GentedeMontanha
  • Carregadores para equipamentos coletivos como barracas e alimentação
  • Reserva do período da viagem junto ao Inparques e Comunidade Indígena Paraitepuy.
  • Equipamento de cozinha
  • Barracas que serão compartilhadas para 2 pessoas
  • Barraca de banho portátil

O que não está incluído:

  • Bilhetes aéreos
  • Refeições em Boa Vista e Santa Elena de Uairén
  • Carregador pessoal
  • Equipamentos pessoais
  • Alimentação diferenciada
  • Outros transfers e passeios não mencionados no roteiro
  • Carregador pessoal
  • Saco de Dormir e isolante termico (confira a lista de equipamentos)
Lembre-se, você é responsável por carregar seu próprio equipamento (poderá contratar carregador privado até 15 kg)

Roteiros sugeridos antes de Monte Roraima Solidário