Cotopaxi e Chimborazo

Mais informações ao meu e-mail

    Seu nome (obrigatório)

    Seu e-mail (obrigatório)

    Copiar amigos (separar emails por vírgula)

    [anr_nocaptcha g-recaptcha-response]

    Aceito receber notícias de futuras expedições, cursos ou viagens

    This site is protected by reCAPTCHA and the Google Privacy Policy and Terms of Service apply.

    Sobre

    Cotopaxi e Chimborazo no Equador – 14 dias – USD 3.300 (desconto especial)

    *Você pode optar por realizar a Expedição até o Cotopaxi – 10 dias – USD 2.800 (desconto especial)

    Pasochoa (4.200m), Corazón (4.788m), Iliniza Norte (5.126m), Cotopaxi (5.897m) e Chimborazo (6.310m)

    Data 2022– 23/01/2022 a 06/02/2022

    O Equador é um dos mais belos países andinos, cheios de vulcões, dos quais muitos são ativos e uma cena cultural e histórica bastante interessante.

    Neste roteiro conseguimos num curto espaço de tempo realizar cinco ascensões a montanhas acima de 4 mil metros, sendo duas de 4 mil, duas de 5 mil e uma 6 mil que é a montanha mais alta do Equador. Trata-se de uma experiência engrandecedora no montanhismo, realizada em algumas das montanhas mais belas da América do Sul. As montanhas que escalaremos neste roteiro são: Pasochoa (4.200m), Corazón (4.788m), Iliniza Norte (5.126m), Cotopaxi (5.897m) e Chimborazo (6.310m).

    O Cotopaxi é um dos mais impressionantes vulcões ativos do mundo, com seu formato cônico perfeito e as fumarolas exalando gases de sua enorme cratera no cume. O Chimborazo foi a primeira montanha de 6 mil metros a ser escalada nos Andes em 1880, já foi considerada a montanha mais alta do mundo por Alexander Von Humboldt, que fez a primeira tentativa de chegar ao cume deste vulcão.

    Apesar de ser montanhas de nível técnico intermediário, este roteiro requer experiência do participante e excelente preparo físico para suportar as sucessivas ascensões que são usadas para auxiliar no processo de aclimatação.

    Como forma de nos precaver do risco de infecção de Coronavírus. Escolhemos por permanecer na pequena cidade de Machachi, cerca de 60 km ao sul de Quito. Lá ficaremos recolhidos no hotel, saindo apenas para escalar as montanhas e tendo todas as refeições no local.

    Itinerário

    Cotopaxi e Chimborazo – 13 dias

    Dia 1 – Chegada do Brasil – Quito – Machachi

    Neste dia vamos buscar você no aeroporto e vamos diretamente para Machachi para um hostel de montanha. À noite vamos jantar juntos e você vai conhecer os instrutores e os outros membros da expedição pela primeira vez. Incluído: Transfer aeroporto Machachi,  Hotel e jantar de boas vindas.

    Dia 2 –Machachi – Ascensão a Pasochoa (4.200m) – Noite em Machachi

    Sairemos de Quito por volta das 08:00. Nosso carro particular nos levará até a base deste vulcão, passaremos por uma floresta primária andina onde teremos a possibilidade de observar vários tipos de aves como o beija-flor e se a sorte estiver conosco, o condor. Para chegar ao cume levamos 4 horas, com tempo claro pode se observar parte da cratera e  também as montanhas vizinhas: El Cotopaxi, Antisana, Ilinizas. A descida levará pouco mais de 1 hora e em seguida, iremos para a cidade de “Machachi” localizada no centro das montanhas. Incluído: Café de manhã, lanche de trilha, transporte e hotel. 

    Dia 3 – Machachi – Ascensão ao Corazón (4.788m) – Noite em Machachi

    Sairemos cedo de Machachi (07:00 am) iremos para oeste por aproximadamente 30 km em nosso transporte privado, então chegaremos à base do antigo vulcão “Corazón” que mede 4.788m de altitude, nos levaremos 5 horas para chegar ao cume, a caminhada começa em pastagens e por último passa por rochas instáveis. Se o tempo estiver bom poderá você avistar o vale do Machachi, a cidade de Quito, o Cotopaxi, Los Ilinizas e também parte da costa equatoriana. Já no cume, vamos nos deliciar com nosso box lunch, depois de muitas fotos retornaremos ao nosso transporte, que nos levará por aproximadamente 2 horas, até Machachi. Incluído: Café da manhã, lanche de trilha, transporte, guias e hotel.

    Dia 4 – Machachi – Refugio Ilinizas (4.750m)

    Sairemos de Machachi (3.000m) pela manhã (10:00) e seguiremos pela Avenida dos Vulcões até chegar ao povoado de “El Chaupi”. Continuaremos até chegar ao estacionamento “La Virgen” (3.900). Uma vez lá, iniciaremos uma caminhada de 3 horas até o Refúgio “Nuevos Horizontes” (4.750m) onde almoçaremos e descansaremos o resto da tarde, até o jantar. Incluído: Café de manhã, transporte, lanche no refúgio, jantar, noite no refúgio e uma mula para os clientes levarem seus pertences mais pesados.

    Dia 5 – Refúgio Ilinizas – Cume Iliniza Norte (5.126m) – Noite em Machachi

    Nosso dia de escalada começa às 05h00. Tomaremos um café da manhã leve, embalaremos nossos equipamentos de escalada e deixaremos o refúgio uma hora depois. Continuaremos a subida em direção ao cume formado entre os dois picos e logo em seguida ao cume da Iliniza Norte (5.126 m). O ataque ao cume leva cerca de 3 horas. Uma vez no cume, vamos desfrutar e admirar a beleza do ambiente. O retorno ao refúgio leva cerca de 2 horas. Lá comeremos e beberemos, faremos as malas para descer ao estacionamento da La Virgen e voltaremos para Machachi. Incluído: Café de manhã, lanche de trilha, transporte, hotel.

    Dia 6 – Machachi – Laguna Quilotoa (3.914) – Noite em Machachi

    Depois do esforço no dia anterior, é aconselhável um bom descanso, no qual visitaremos a lagoa Quilotoa que fica dentro da cratera de um vulcão antigo. Começaremos nossa viagem pela manhã em direção ao sul, passaremos pela cidade de Latacunga e depois iremos para o oeste, onde passaremos por cidades como: Pujili, Sumbahua, Tigua (esta última é muito famosa por suas pinturas Tigua). Ao chegar na lagoa Quilotoa passaremos cerca de 4 horas admirando as paisagens únicas da nossa aventura e vamos descobrir uma vistas mais incríveis do Equador, formada por esse vulcão que entrou em erupção há milhões de anos. Poderemos observar e tirar muitas fotos da borda de sua cratera. A descida na cratera levará pouco menos de 1 hora, neste local poderemos fazer um passeio de barco e admirar as suas águas que emanam bolhas, para subir haverá a possibilidade de usar uma mula ou simplesmente caminhar e com pouco mais de 1 hora chegaremos à beira da lagoa e em seguida almoçaremos em um dos restaurantes locais.  Á tarde retornaremos a Machachi. Incluído: Café de manhã, transporte, guia cultural, almoço em Quilotoa e hotel.

    Dia 7 –Machachi – Refúgio Cotopaxi (4.800m)

    Sairemos de Machachi ao meio-dia (12h00), após o almoço, seguiremos por um caminho de pedras e depois mudaremos de direção para o leste para chegar à cidade de Pedregal, a cerca de 1 hora, onde fica o estacionamento (4.500m) de onde sairemos do carro e começaremos nossa caminhada com toda a nossa bagagem, em uma hora chegaremos ao Refúgio José Rivas (4.800m) descansaremos e tomaremos bebidas quentes. À tarde iremos praticar algumas técnicas em um dos glaciares, e de volta ao Refúgio antes das 18 horas jantaremos e depois iremos descansar até meia-noite. Incluído: Café da manhã, transporte, refúgio Cotopaxi, guias de alta montanha.

    Dia 8 – Refúgio Cotopaxi – Cume Cotopaxi (5.897m) – Retorno a Machachi

    Acordaremos à meia-noite com todo o nosso equipamento de escalada pronto, um nutritivo desjejum nos espera, por volta da 1h começaremos nossa subida, para chegar ao cume levaremos de 6 a 8 horas dependendo da condição física de cada participante. Percorreremos pequenos trechos entre 30º e 40º de inclinação e alguns casos de até 50º. Ao chegar ao cume você poderá apreciar todas as montanhas em seu máximo esplendor, após fotos retornaremos pelo mesmo caminho ao Refúgio que levará aproximadamente 2 horas, faremos as malas e retornaremos a Machachi. Incluído: café da manhã, transporte, 1 guia para cada 2 pessoas e hotel.

    Dia 9 Descanso

    Descansaremos o dia todo para recuperar energias – Noite em Machachi. Incluído: Café da manhã, hotel.

    Dia 10 – Machachi – Acampamento alto do Chimborazo (5.300m)

    A viagem começa na cidade de Machachi às 10h00, de lá iremos para a cidade de Ambato onde almoçaremos ao meio-dia, então levaremos cerca de mais 1 hora de carro para chegar à Reserva de Proteção de Animais Selvagens Chimborazo, nesta área iremos apreciar o animal típico dos Andes, a Vicuña. Nosso carro chegará até o primeiro refúgio, o  Hermanos Carrel (4.800m). À tarde subiremos mais três horas até acampamento alto da montanha (5.300m) onde jantaremos, caso contrário ficaremos no Refúgio Carrel (dependendo da disponibilidade) e descansaremos por algumas horas.

    *O Refúgio no Chimborazo encontra-se fechado, caso não reabra até a Expedição, dormiremos em barracas a 5.300 metros. Incluído: Café da manhã, lanche na estrada, transporte, um porteador para ratear o transporte de itens mais pesados da equipe, noite no acampamento alto e jantar.

    Dia 11 – Aclimatação acampamento alto do Chimborazo – 5300m

    Este será um dia coringa. Se o tempo estiver bom para o dia seguinte ou este dia estive ruim, acordaremos tarde e sem pressa e passaremos o dia inteiro descansando a 5300 metros para melhorar nossa aclimatação. Caso este dia tenha um tempo excepcional, não desperdiçaremos e vamos tentar cume. Esta decisão entre ficar, descansar e tentar cume será realizado no dia anterior pelo guia. Incluído: Café da manhã, almoço, jantar, pernoite em acampamento.

    Dia 12 -Cume do Chimborazo – 6287m e retorno a Machachi 

    Acordaremos às 22h00 e haverá um ligeiro jantar antes de partirmos com todo o nosso equipamento pronto. Por volta das 23h00 iniciaremos a subida que demorará cerca de 8 horas para chegar ao primeiro cume chamado Veintimilla (6.270m); Depois, levaremos mais uma hora até o pico máximo do Chimborazo, chamado de Cume Whymper (6.287 m), o lugar perfeito para apreciar a Cordilheira dos Andes e tirar algumas fotos espetaculares, para voltar precisaremos de cerca de 3 horas. Uma vez no acampamento faremos as malas e voltaremos para Machachi / Quito. Incluído: café da manhã, lanche de trilha, 1 guia para cada 2 participantes, transporte, jantar de confraternização.

    *O Refúgio no Chimborazo encontra-se fechado, caso não reabra até a Expedição, dormiremos em barracas a 5.300 metros.

    Dia 13 – Dia extra

    Este dia será usado como dia extra, para descanso, organização da bagagem para retorno e para realização do teste PCR durante a época da pandemia COVID 19. Incluído: Café da manhã, não inclui o teste PCR.

    Dia 14 – Volta ao Brasil

    Hoje você será levado do hotel para o aeroporto para pegar o seu voo. Incluído: Café da manhã e transfer para aeroporto.

    ** O itinerário disponível aqui está sujeito à mudanças devido à condições climáticas, performance do grupo ou mudanças políticas/administrativas do local em questão.

    Todos os clientes Gente de Montanha tem desconto na Loja Alta Montanha. Trata-se da loja virtual e Loja física em Curitiba/PR, com mais variedade de equipamentos de montanha no Brasil. Solicite seu cadastro para obter o seu desconto.

    O equipamento é uma das partes essenciais para o sucesso de uma expedição. Siga esta lista e nos informe qualquer dúvida.

    O equipamento será checado pelo guia logo após a sua chegada.

    Equipamentos pessoais que já estão incluídos na Expedição:

    Cabeça
    • Bandana

      Buff, bandana ou similar é um lenço cilíndrico que permite vários tipos de uso

      Quantidade: 1 + a incluída
      Comprar
    • Gorro

      Gorro de lã ou polartec é muito útil nos dias frios

      Quantidade: 1
      Comprar
    • Lanterna de Cabeça

      Lanterna de LED ou foco, à pilhas. Preferencia para lanternas com mais de 120 lumens.

      Quantidade: 1
      Comprar
    • Protetor labial e solar

      Precisamos um protetor de pelo menos FPS 30. Pode ser comprado em qualquer farmácia local.

      Quantidade: 1
    • Viseira de Ski

      Viseira com proteção UV categoria 3 ou 4 vai ajudar muito no dia de cume caso tenhamos uma tempestade ou houver vento branco.

      Quantidade: OPCIONAL
      Comprar
    • Óculos para montanha

      Categoria 3 ou 4 – com proteção lateral ou que cubra todo o rosto.

      Aprenda a escolher um óculos de montanha para comprar.

      Quantidade: 1
      Comprar
    • Boné ou chapéu

      Um boné ou chapéu para proteger do sol

      Quantidade: 1
      Comprar
    Tronco
    Mãos
    • Aquecedor Químico

      Estes são aquecedores químicos que à vista lembram um saco de chá. Eles contém um pó químico que aquece em contato com o oxigênio. Usamos um dentro de cada mitom para aquecer as mãos no dia do cume.

      Quantidade: 1
      Comprar
    • Luvas de segunda camada

      Luvas leves de fleece ou polartec para dias frios ou com vento

      Quantidade: 1 par
      Comprar
    • Luvas impermeáveis

      Um par de luvas impermeáveis para serem usadas sozinhas sem outra luva por baixo

      Quantidade: 1 par
      Comprar
    • Mitons

      Espaçosos mitons de pluma ou fibra sintética para serem usadas no dia do cume.

      Quantidade: 1 par
      Comprar
    Pernas
    Pés
    • Bota de caminhada

      Botas de caminhada de qualidade e em bom estado. Devem ser à prova d’água e de preferência, já amaciadas.

      Para ver botas unisex clique em “Comprar”. Para ver opções de botas femininas, clique aqui.

      Leia artigo que explica como comprar uma bota de trekking.

      Quantidade: 1 par impermeável
      Comprar
    • Crocs ou chinelo

      Par de crocs, chinelos ou sandálias para descansar os pés enquanto estamos na base.

      Quantidade: papetes ou sandálias para atravessar rios
      Comprar
    • Meias de Trekking

      Há vários tipos de meias de trekking. Elas são muito importante para não dar bolhas nos pés.

      Leia o artigo no AltaMontanha e veja qual meia de trekking comprar.

      Quantidade: 2 ou 3 Pares
      Comprar
    • Meias grossas de expedição

      Meias que só serão usadas no dia do cume.

      Quantidade: Obrigatório para cume
      Comprar
    Diversos
    • Bastão de Trekking

      Ele dá mais estabilidade em terreno solto, em gelo duro ou mesmo em neve.

      Veja qual bastão de trekking comprar em artigo do AltaMontanha.

      Quantidade: 1 ou par
      Comprar
    • Cadeado

      Para fechar a mala durante o transporte

      Quantidade: 1
      Comprar
    • Duffel Bag

      Saco do tipo “marinheiro”. Este deve ser resistente e impermeável. Recomendamos 90 a 120L. Usamos este saco para transportar seu equipamento. Se seu equipamento é transportado em animais de carga ou veículos, pode sofrer algum tipo de dano ou molhar.

      Leia este artigo e veja para que serve um duffel bag.

      Quantidade: de pelo menos 80 litros
      Comprar
    • Garrafa para água

      Garrafas de um polímero duro e boca larga. Existem os camelbacks mas dependendo da altitude o cano congela e tem que ter cuidado para o manuseio, para não deixar vazar. Mas são ótimo para hidratação sem precisar parar.

      Quantidade: 2 litros
      Comprar
    • Garrafa Térmica

      Garrafa metálica de 1 litro. Principalmente para o dia do cume.

      Quantidade: 1 litro
      Comprar
    • Gel de carboidrato

      Gel para ajudar a grande perda de energia no final da expedição

      Quantidade: 3
      Comprar
    • Kit higiene pessoal

      Sabão, escova de dentes, pente, toalha, etc

      Quantidade: 1
    • Medicamentos para altitude

      Os guias do GentedeMontanha.com já contam com complexos kits de primeiros socorros, no entanto seria ótimo que cada um conte as drogas mais básicas durante a expedição.

      Em montanhas de altitude precisamos que você tenha além de qualquer medicamento pessoal, uma cartela dos seguintes medicamentos:

      Ibuprofeno – É o único anti-inflamatório capaz de combater a dor de cabeça de altitude
      Loperamida – controle de diarréia

      Leia mais aqui sobre medicamentos

      Quantidade: kit
    • Mochila

      Veja qual se adapta à sua expedição.

      Leia este artigo e saiba como escolher uma mochila de montanhismo.

      Quantidade: mínimo 55 litros
      Comprar
    • Saco de dormir

      Em montanhas de altitude preferimos os sacos de pluma de ganso. Saiba mais sobre plumas de ganso

      Leia artigo sobre saco de dormir e aprenda como escolher um saco de dormir para comprar.

      Quantidade: de -10C (temperatura de conforto) - PODE SER ALUGADO POR U$30 EM QUITO (U$5 por dia)
      Comprar
    • Saco estanque

      Ajuda a manter suas coisas organizadas e secas. Não opte por sacos de lixo, eles rasgam muito facilmente. Estes sacos serão utilizados para embalar todas as roupas e utensílios que irão na mochila.

      Quantidade: 1
      Comprar
    Técnicos
    • Capacete de escalada

      Capacete de escalada.

      Quantidade: 1
      Comprar

    Perguntas frequentes

    Quanto equipamento vou ter que carregar? Será que eu consigo?

    A sua mochila jamais vai pesar mais que 8kg. Como a nossa base é um refúgio, você não tem que carregar peso.

    Onde vou deixar o meu equipamento enquanto eu estiver na montanha?

    O equipamento que não seja necessário para a montanha pode ser deixado no hotel em Machachi ou nos refúgios das montanhas onde iremos nos hospedar antes dos ataques aos cumes.

    Qual será nossa cidade base, Quito ou Machachi?

    Sabemos que Quito é uma cidade muito especial, por ser história e muito bonita. Em tempos de pandemia, escolhemos nos hospedar em Machachi, que fica muito mais próximo das montanhas. Com isso pudemos oferecer mais segurança, pois ter menos risco de contágio de Coronavírus e também evitar o trânsito e horas a mais na estrada para chegar e sair da capital equatoriana.

    Há comunicação na montanha?

    Levamos um telefone satelital e além disso levamos um SPOT para atualizar o Facebook do GentedeMontanha.com diariamente. Fora isso temos rádios VHF e podemos nos comunicar com a nossa base à qualquer momento do dia. Temos telefone satelital para emergências. Mas na maior parte das montanhas há sinal de internet 3G principalmente da Claro.

    Tem como vocês avisarem a minha família sobre como estou?

    Claro! Melhor ainda! Nós temos um Blog que é atualizado todo dia! Sempre postamos fotos e textos do andamento da expedição. Por favor visite a nossa página de Facebook e confira a quantidade de posts.

    Tenho que dividir quarto com alguém?

    Sim. Todas os quartos no refúgio são divididos por até 12 pessoas. É um refúgio sem muito luxo porém confortável. Dividir quartos e barracas com alguém cria um vínculo de parceria essencial para sobreviver e se dar bem nesses ambientes hostis que são as montanhas. Mas em tempos de Pandemia de COVID19 vamos manter os devidos cuidados e trabalhar com capacidade reduzida, caso queira quarto individual na Cidade poderá pagar a diferença pela privacidade!

    Posso carregar a bateria da minha câmera ou MP3 na montanha?

    Sim! Teremos eletricidade no refúgio.

    E se eu abandonar ou desistir da expedição?

    Se você desistir da expedição enquanto você ainda está no Brasil é possível recuperar parte do seu investimento se o cancelamento foi feito até 1 semana antes da Expedição. Entre em contato para saber mais.

    Se você desistir da expedição em Quito, antes de ir à montanha, você pode continuar usufruindo dos serviços que lhe brindamos, como transporte e hotel. No entanto não podemos devolver o dinheiro que você investiu pois toda a logística já vai estar contratada.

    Se você desistir durante a expedição, você vai ter que arcar com os custos de transporte e estadia individuais. No entanto você pode continuar na montanha e permanecer na base esperando o resto da expedição descer se a quantidade de dias que você permaneceu ali estiver de acordo com o que diz no itinerário programado.

    Se você desistir durante o ataque ao cume você jamais vai ter que descer sozinho. Geralmente coordenamos a sua descida com mais pessoas de nossa expedição ou também de expedições conhecidas. Um dos guias sempre estará com você. Isto é uma prática comum em montanhas comercializadas.

    Quanto dinheiro preciso levar?

    Lembrando que o Equador é um país dolarizado, recomendamos você levar em torno de USD 600 para gastar em Machachi e  Quito. Na montanha em si não há muita coisa para comprar. O Equador aboliu sua moeda há cerca de 20 anos, e o dólar americano virou a moeda corrente. Mesmo assim o país não é caro, pois é possível comer com cerca de 3 dólares em locais populares e nos melhores restaurantes por cerca de 10. Leve dinheiro trocado, pois notas de 100 dólares não circulam com facilidade. Cartões normalmente são aceitos em lojas grandes. No entanto não esqueça de avisar seu banco que você estará viajando à outro país assim seu cartão não é bloqueado.

    Qual é a filosofia do Gente de Montanha?

    Aceitamos mulheres e homens de qualquer idade, experiência ou ambição. Pedimos aos membros das nossas expedições que tenham paciência, respeitem as decisões do líder e que jamais subam ou desçam sozinhos sem a aprovação do líder.

    Lembre-se que você não vai estar pagando uma empresa para levar você para um cume. Você está pagando profissionais do montanhismo com anos de experiência para conduzir você na subida de uma montanha e descer da forma mais segura possível. Por isso sempre focamos muito na aclimatação e segurança.

    Nosso roteiro pode parecer mais lento que o de outras empresas, isso é devido à segurança que isso proporciona e também à sua maior chance de atingir o cume.

    Qual é a experiência que preciso para participar desta expedição?

    Para escalar todas as 5 montanhas recomendamos ter experiência em caminhadas de mais que um dia assim o montanhista já vem familiarizado com técnicas de acampamento uso de mochilas, etc. Como se trata de uma viagem com muitos cumes é muito importante que você esteja habituado com montanhismo, pois mesmo sendo atleta de outras modalidades, muitas vezes seu corpo não se recupera dos exercícios em altitude tão rapidamente.

    Qual é o treinamento que preciso para grandes montanhas?

    Para montanhas com mais de 5500 metros de altitude recomendamos você começar a treinar pelo menos 2 meses antes, dependendo do seu estado físico. Exercícios aeróbicos como corrida e bicicleta. O ideal é pedir para um profissional da educação física que lhe recomende um bom programa de treinamento aeróbico. Um exercício também muito eficiente é percorrer trilhas com uma mochila. Leia este artigo, pode ajudar: http://altamontanha.com/Artigo/4416/treinamento-e-preparacao-para-montanhas-de-altitude.

    Como é o clima no Equador?

    O clima nessa região dos Andes é imprevisível. Como estaremos tão próximos do Equador, o regime de chuvas vem tanto do hemisfério norte quanto do sul. Esteja preparado para caminhar na chuva e leve boas roupas e botas impermeáveis.

    Como é a água nas montanhas?

    Teremos água em todos os refúgios e nas montanhas que iremos atacar saindo da cidade, teremos que levar nossos reservatórios e garrafas térmicas cheias.

    Tem banheiros nas montanhas?

    Sim. Temos banheiro nos refúgio nas montanhas. Fora isso só natural.

    Quanto eu preciso para dar gorjetas?

    Gorjetas ou propinas não são obrigatórias no Equador. No entanto significam que você aprovou o desempenho dos nossos funcionários e eles realizaram todos os serviços que você esperava. Gorjetas são voluntárias e muito bem vindas. O que geralmente fazemos após a expedição é juntar um “vaquinha” e dividimos as gorjetas por igual entre os funcionários locais.

    E se eu tiver um problema de saúde?

    Nossos guias possuem uma extensa experiência em medicina de montanha e pode recomendar ou resolver a maioria dos problemas que você pode chegar a ter. Ele tem um kit médico bem diversificado e pode tratar da maioria dos problemas gastrointestinais, doenças de altitude, alergias e traumas.

    Além disso, mesmo os assistentes de guia no Equador são muito bem treinados nesse tipo de problemas. No Equador existe uma certificação chamada UIAGM e quase todos os guias já tem ou estão à caminho de ter uma.

    E se eu precisar de um resgate?

    Resgates podem ser feitos pela equipe de resgate disponível em Quito. Fora isso, quase todos os guias no Equador são treinados em resgates e primeiros socorros em zonas remotas. Todos os guias do GentedeMontanha.com são obrigados à ter uma certificação WFR válida.

    Vocês recomendam o uso de Diamox?

    Não para os Andes. Em montanhas de altitudes mais extremas como as do Himalaia ou Karakorum recomendamos sim o uso de Acetilzolamida ou Diamox. Esta droga parece realmente funcionar durante o período de aclimatação. Em montanhas dos Andes no entanto, o custo x benefício é baixo. Os danos causados pela desidratação deste diurético são maiores do que os benefícios. No entanto usamos esta droga no tratamento de doenças. Leia mais à respeito aqui:http://altamontanha.com/Artigo/1274/remedios-e-tudo-sobre-altitude.

    Qual a porcentagem dos seus clientes faz cume?

    É difícil dizer pois tudo depende do estado físico dos mesmos e do tempo. Porém numa montanha como estas do Equador, estimamos que 80% dos nossos alunos atinge cume.

    Qual a temperatura que o meu saco de dormir deve aguentar?

    Recomendamos uma saco de dormir que agüente pelo menos -5ºC (negativo) que é a temperatura que pode chegar o refúgio.

    Que tipo de comida vocês servem nos acampamentos?

    Café da manhã: Servimos chá, café, leite, chocolate, sucos, torradas, manteiga, doce de frutas, cereais, aveia, ovos, pudim, biscoitos, entre outros.

    Almoço: Massas, grãos, carnes, verduras e legumes, frutas secas, entre outros.

    Jantar: Sopas, risotos, carnes, verduras e frutas secas, sobremesa, entre outros.

    Lanches: sanduíches, doces, chocolates, biscoitos, frutas frescas, frutas secas, entre outros

    Comida na altitude: comidas desidratadas, massas, purê de batatas, peixes, carnes e verduras enlatadas, queijos, embutidos, noodles, sopas, entre outros

    Bebidas: Sucos de fruta, chás

    IMPORTANTE: Se você tem algum tipo de alergia ou restrição à qualquer tipo de comida, por favor mencione isso na sua ficha de inscrição

    E se eu tiver uma dieta especial?

    Avise com antecedência e lembre o nosso guia sobre a sua restrição alimentar. Não podemos ajudar macro-bióticos ou veganos devido à dificuldade logística de alimentá-los. Algumas alergias (como ao glúten) também podem vir a ser um problema. Entre em contato e saiba mais.

    Quem cozinha no refúgio?

    Teremos uma cozinheira só para nós no refúgio.

    Preciso contratar um Seguro de Assistência Médica x Viagens?

    Para participar das expedições à Alta Montanha, recomendamos a contratação de um seguro como informado acima para resgate + um seguro que possua de assistência médica que inclua atendimento ao COVID19, estamos analisando o seguro da Assist Card e a cobertura com o COVID19.

    Qual a política do Gente de Montanha para a Prática de Montanhismo durante a pandemia Covid19?

    Nós estamos retomando as nossas atividades de cursos, trekking e expedições em alta montanha que estavam paralisados, será a primeira atividade internacional a ser realizada fora do Brasil! E sabemos que o momento ainda é de cautela. Sabemos que as informações mudam rapidamente, então vamos acompanhar diariamente as informações sobre a Pandemia no Equador e as possíveis alterações e restrições.

    Apesar da flexibilização das regras de distanciamento social, o nosso grupo será reduzido, pois consideramos importante nos adequar para minimizar os riscos de contagio e estar atendo para manter a preservação dos locais que tanto amamos, para seguirmos com as nossas atividades com maior segurança e responsabilidade!

    Gostamos tanto de nos abraçar e comemorar com você o sucesso de uma aventura, isso é natural para nós, por isso pedimos para que todos fiquem atentos para evitar ao máximo o contato físico!
    Boas práticas quanto a higiene sanitária de acordo com os protocolos recomendados devem ser observadas pelo participantes para minimizarmos os riscos de contágio pelo Covid 19.
    Vamos torcer para que em breve tenha vacina, e acompanhando as orientações que estão sendo propostas, e já existem as normas de turismo, com criação do selo responsável, mesmo sendo básicas.
    Criamos medidas que iremos seguir!
    1 – O participante deve gozar de boa saúde: não apresentar tosse, febre, coriza, dor de garganta, entre outros.
    2 – Utilizaremos o termômetro infravermelho e em caso de febre o participante deverá retornar da atividade.
    3 – Vamos tentar manter distância mínima de 1m entre pessoas durante a nossa atividade. Mas em muitos momentos precisamos nos aproximar dos guias e demais participantes, nesse momento teremos que estar com máscara!
    4 – Deverá usar de maneira individual seu protetor solar, pasta de dente, toalhas, lenço umedecido e objetos pessoais.
    5 – Uso obrigatório de máscara ou bandana durante a nossa atividade para cobrir nariz e boca, quando estivermos próximos.
    6 – Material de cozinha como copos e pratos, serão fornecidos higienizados para uso individual.

    *Estamos atentos para sempre melhorar o nosso protocolo. Pois o vírus é uma realidade, a pessoa que optar por viajar deverá se comprometer a seguir as regras acima, e mesmo assim cada pessoa assumirá o risco e a responsabilidade por estar em uma atividade de aventura com outros participantes, devemos estar atentos desde o momento que saímos de casa!

    É verdade que eu preciso de uma vacina de febre amarela para ir ao Equador?

    Sim. O Equador é um dos países que exigem a vacina de febre amarela ao viajante. Verifique na sua carteira de vacinação se você já tomou a vacina no passado. Ela é válida por 10 anos. Para o Equador vai ser necessário a sua carteira de vacinação brasileira como prova e você vai precisar de uma carteira internacional. Esta pode ser conseguida num posto da ANVISA em qualquer aeroporto. Se você não foi vacinado ou se a vacina venceu, recomendamos você tomar essa vacina pelo menos 1 semana antes da viagem.

    Quais as exigências para a entrada no Equador devido a pandemia do COVID19?

    Atualmente devido a Pandemia de COVID19 para entrar no Equador, é necessário a apresentação de um teste PCR – Negativo 1 semana antes da sua chegada ao destino – Quito! O RT-PCR, também chamado de teste molecular, é o mais preciso para detectar o vírus no corpo humano. Diferentemente dos testes sorológicos, que avaliam o sangue do paciente, o PCR é feito com amostras coletadas do nariz e garganta e é o mais indicado para a fase inicial da doença, na primeira semana do aparecimento dos sintomas. Nas viagens internacionais, o exame negativo deve ser apresentado no check-in do aeroporto e provavelmente na sua chegada no Equador. Os prazos normalmente variam de 96 a 48 horas, mas no Equador a solicitação é que seja realizado 2 dias antes da viagem (custo médio do teste RT-PCR R$350,00).

    Quais as restrições de viagem para o Equador?

    Atualmente o Brasil possui poucas exigências para a entrada no Equador:

    • Apresentar Passaporte válido mínimo 6 meses.
    • Certificado de teste RT-PCR negativo realizado com 7 dias de antecedência a viagem.
    • Seguro Viagem, o país não exige, mas é um dos requisitos para as viagens internacionais do Gente de Montanha.

    Quais as exigências para a entrada no Equador devido a pandemia do COVID19?

    Atualmente devido a Pandemia de COVID19 para entrar no Equador, é necessário a apresentação de um teste PCR – Negativo 1 semana antes da sua chegada ao destino – Quito! O RT-PCR, também chamado de teste molecular, é o mais preciso para detectar o vírus no corpo humano. Diferentemente dos testes sorológicos, que avaliam o sangue do paciente, o PCR é feito com amostras coletadas do nariz e garganta e é o mais indicado para a fase inicial da doença, na primeira semana do aparecimento dos sintomas. Nas viagens internacionais, o exame negativo deve ser apresentado no check-in do aeroporto e provavelmente na sua chegada no Equador. Os prazos normalmente variam de 96 a 48 horas, mas no Equador a solicitação é que seja realizado 7 dias antes da viagem (custo médio do teste RT-PCR R$350,00).

    Mapa

    Custo

    O investimento total no roteiro é de USD 3.300 (desconto especial)

    * Para pagamento parcelado no cartão de crédito ou depósito > USD 3.800 

    O investimento total no roteiro para realizar a Expedição até o Cotopaxi é de USD 2.800

    * Para pagamento parcelado no cartão de crédito ou depósito > USD 3.220 

    * Confira as condições de pagamento para obter o desconto especial.

    * Consulte a nossa política de cancelamento.

    O que está incluído:

    • Liderança e instrução de um guia GenteDeMontanha
    • Guia profissional de alta montanha (proporção de 2 escaladores para 1 guia em montanhas com geleira)
    • Operador turístico registrado e licenciado
    • Aluguel de equipamento básico usado: botas plásticas, crampons, piqueta, cadeirinha, polainas, luvas, capacete, cordas e mosquetões.
    • Todas as noites em hotel descritas no itinerário
    • Todas as alimentações descritas no itinerário, além de jantar de boas vindas e despedida
    • Transporte privado
    • Ingressos para os Parques
    •  Uma noite no refúgio “José Rivas”, “Nuevos Horizontes” e “Hermanos Carrel”(Se este estiver fechado, noite no acampamento alto do Chimborazo)
    • Transporte do aeroporto para o hotel e vice-versa
    • Uso de cordas, estacas de neve e ancoragens de neve
    • Uso de kit de primeiros socorros se for necessário
    • Camiseta do Gente de Montanha
    • Bandana do Gente de Montanha

    O que não está incluído:

    • Passagem aérea desde o Brasil
    • Taxas de imigração (se existentes) ou embarque
    • Equipamentos pessoais de montanha (roupas)
    • Devolução de dinheiro em caso de abandono
    • Seguro de viagem
    • Almoços e jantares não descritos no itinerário
    • Bebidas nas refeições (cerveja ou refrigerantes)
    • Noites extras em Quito ou Machachi
    • Custeio de quarto individual caso você não queira dividir com outra pessoa
    • Gorjetas (se você julgar necessário)
    • Reembolso em caso de perca de equipamento por roubo ou fenômenos climáticos
    • Teste Covid 19 para ida e volta

    Opcionais

    Requisitos

    Os requisitos para que você possa participar desta Expedição são:

    • Seguro de resgate obrigatório – Contrate a GLOBAL RESCUE aqui – Saiba como funciona;
    • Preencher a ficha de inscrição e ter ela aprovada pelo guia;
    • Seguro internacional de viagem para assistência médica que atenda o COVID19;
    • Atestado médico de boa saúde física;
    • Experiência em Trekking de várias jornadas;
    • Caprichar no treinamento cardiovascular;
    • Vacina contra febre amarela;
    • Vontade de se divertir;
    • Número mínimo de inscritos;
    • Ler todas as informações disponíveis no website.
    Dificuldade do trekking: Fácil

    _

    Preparação Cárdio-vascular: Boa

    _

    Experiência em Altitude: Em montanhas de 5000m

    _

    Dificuldade técnica: Usa 1 equipamento técnico

    _

    Parcerias

    Abrir a conversa
    Fale por Whatsapp!